rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, setembro 03, 2008

Um novo sol no horizonte!

Com a devida vénia ao manelito caracol, sempre atento ao sol...

Do céu eu sou um anjinho
Só candura imaculada
Sou figo, já madurinho
Pela SIC abençoada.
Meus talentos já crescidos
Fascinam os mais atentos
Agora robustecidos
Vão a todos os eventos.
A cantar sou rouxinol
Estrela sempre ascendente
Mas 'inda hei-de ser um sol
Bem brilhante e incandescente.
Tão pura e tão genuína
Comecei a ser ousada
Já deixei de ser menina
Ídolo da criançada.
Se o Ferrari está na moda
Eu sou, mas uso outra pista
E ponho a cabeça à roda
Aos que entram na minha lista!
Já tenho muita rodagem
Sempre com ar juvenil
Só vai à minha garagem
Quem tiver nota viril...
Só entra na minha lista
Quem for de alta rotação
Não mais gente ruralista
E com baixa cotação...
É que eu sou a Floribela
A cantora do momento
Do mundo sou a janela
Peito cheio de talento!...

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home