rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, novembro 30, 2017

Ratos, comida de futuro...


quarta-feira, novembro 29, 2017

O MAL DO MUNDO...



Homo  sapiens, um deus tolo e narciso,
Da Natureza vil destruidor;
Perdeu o tino, não tem mais juízo
Dá cabo do planeta, um  predador.

Destrói a economia,  e o bem estar
Suga recursos, sem medida justa;
Por Deus,  é bem capaz de assassinar
Animal tão feroz ... que a Deus assusta!

Mas diz que vive em paz co'a consciência
Tudo é mentira vil, maledicência,
Que o mundo é cruel, não vê  seu talento.

Animal predador, sem sapiência,
Imoral criatura;  só lamento,
Dos inocentes, tanto sofrimento!

J Leite de Sá

domingo, novembro 19, 2017

Escândalo nacional!

 
Uma escandaleira das antigas. Manuela Moura Guedes, sem papas na língua,  diz que José Sócrates é um "psicopata" e que devia receber tratamento psiquiátrico!

Enfim, um homem que continua a ser venerado por tanta gente, que continua a merecer as honras de telejornais, com homenagens aqui e ali, a ser tratado desta forma é intrigante. Será que a vai processar?!
Creio bem que não. É que o país inteiro já compreendeu que se está na presença de alguém com uma "coragem" tão insólita que atinge as raias da patologia. Nas páginas 23,24 e 25 do semanário "I" ela aprofunda o seu raciocínio e convence realmente do grau de patologia que enferma o visado. O seu bizarro comportamento é de um psicopata de envergadura. Bipolaridade? Pior, muito pior!
Enfim, fazer aquilo que se sabe, agora, através da comunicação social, é algo digno de meditação. Primeiro a nítida convicção de que se julgava acima de qualquer suspeita. Fazer aquilo que alegadamente fez, é de uma ousadia e de uma irresponsabilidade óbvias. Então aquilo de mandar fazer um livro para ser ele a pavonear-se como sendo o autor, é o máximo. Um cidadão endinheirado qualquer, ainda se admitiria, agora um ex-primeiro-ministro, alguém que se sabe poderia a qualquer momento ser alvo de chantagem da pessoa que fez o trabalho ou próximas...E o mandar comprar livros para ficar no topo das vendas é de uma personalidade tão megalómana, tão megalómana que entra nos domínios da patologia. Grave patologia!
Vale a pena ler e meditar. O país nunca assistiu a tais perversidades (e ingenuidades) da parte  de um ex-governante. Mesmo sabendo que poderia ser alvo de escutas (e ele usou linguagem codificada, nalgumas circunstâncias, admitindo-se isso...),  ele foi longe demais, ele foi ingénuo, a ambição desmedida e o sentimento de impunidade perpassam aos olhos de toda a gente, ele tinha consciência   de que dominando a comunicação social, tendo amigos poderosos, nada de grave lhe aconteceria. Contudo, apareceu-lhe pela frente um Juiz a sério (o Dr Carlos Alexandre) e tudo se desmoronou, tudo se volatilizou. Aquele criticismo à justiça, aquele bradar aos céus que é tudo "um embuste", "um romance" "uma encenação" é de alguém tão vil, tão baixo, tão ignóbil que deixa até os seus mais acérrimos apoiantes preocupados com a sua sanidade mental...

VER AQUI
  e AQUI

Monte e Praça, olhos de Vila do Conde



O Monte e a Praça são
Os olhos da nossa terra
Dão `a gente uma visão
Do melhor que a vida encerra.
 
Comunhão tão fraternal
Uma sã rivalidade
A dançar dão festival
São dois sóis, nesta cidade.
 
Cada qual tem sua história
Vão ao mar, com devoção;
A dançar, palpita a glória
De um fraternal coração.
 
Braços ao alto!, Maria,
Perna ligeira!, Manel,
Canta e dança, é alegria
Cada um com seu papel.
 
Há fogueiras na cidade
E no coração da gente,
Arde em fogo a mocidade
É pulmão incandescente.
 
Os ranchos são a centelha
Os vulcões de lava ardente
Gente nova, gente velha,
Monte e Praça... Luz, somente.
 
S. João dança também,
Perde a cabeça, outra vez
O luar só lhe faz bem
É luar, tão português.

ver aqui

e aqui
 

sábado, novembro 18, 2017

Era uma vez o "Rei-Sol"...



Zéfiro vai soprando com vigor
As folhas já caducas vão caindo
Até o Rei-Sol lá vai no sol pôr
No horizonte, lesto, submergindo...

terça-feira, novembro 14, 2017

TECNOFORMA, FRAUDE?!!!

https://www.dn.pt/portugal/interior/bruxelas-diz-que-houve-fraude-na-empresa-de-passos-coelho-8912579.htmlhttps://www.dn.pt/portugal/interior/bruxelas-diz-que-houve-fraude-na-empresa-de-passos-coelho-8912579.html

A fraude foi confirmada por Bruxelas apesar do arquivamento em Portugal. E agora?

Quem vai pagar a fatura?!

O Zé, o eterno Zé contribuinte?!

Haja respeito!

sábado, novembro 04, 2017

JUIZES & CORRUPÇÃO

                             Juiz  Carlos Alexandre, um símbolo da justiça séria e honrada


Vemos tanta miséria envergonhada
E há tantos marajás, vivendo à larga,
Fruto da corrupção desenfreada
E o povo é quem mais sofre, mais amarga.

Quanto sofre um juiz honrado e sério
Soltam-lhe os cães, jagunços mediáticos
Bolsam um ódio cego, vitupério,
Plumitivos servis, tristes asnáticos.

Também há jornalistas verticais
Que não lambem as botas ao poder
E, felizmente, cada vez há mais
Gente de uma só fé, de um só querer.

Vamos remar, unidos, sem ter medo
Contra os chacais malditos, sem pudor,
Há que apontar  as víboras, a dedo,
Ao país nós devemos o favor.


Há tantas sinecuras bem obscenas
E tantas mordomias, nos jornais,
Que a nós, uns  simples Zés, só  resta apenas
Gritar a nossa náusea: é demais!

José  Leite de Sá  O PÂNTANO DOS PÂNTANOS!!!

VER AQUI      O MARAJÁ E A  CORTE FAMILIAR!!!
                             e AQUI

FERNANDA CÂNCIO TAMBÉM SABIA   
USA CÓDIGO