rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, julho 27, 2016

EXPRESSO AMORDAÇADO?

PANAMA PAPERS: SILÊNCIO ENSURDECEDOR!!!
Lembram-se dos Panama Papers? A maioria dos envolvidos são POLÍTICOS. Mas, apesar de estarem identificadas, neste escândalo, centenas de entidades com ligações a Portugal - não foram ainda revelados os nomes dos políticos. Divulgaram já dezenas de nomes. Porque esperam para difundir os dos políticos?.
Na TVI, o assunto morreu, o que é natural, pois este é um canal só de tele-vendas (da política à economia, da cultura ao desporto, quase tudo se trafica).
Mas... no Expresso, desapareceram as notícias sobre o assunto. O escândalo "Panamá Papers" foi censurado, o que desonra a memória do jornal que mais contribuiu para a queda do anterior regime e para a manutenção da democracia em Portugal.
(repetirei este post quinzenalmente, aqui no Facebook, até que nos esclareçam).

Texto do Professor Paulo Teixeira de morais 27.07.2016

REQUIEM POR UM JORNAL


Os Papéis da Panamá
Peixe graúdo envolvido
Decretou uma omertã
E tudo ficou no olvido.

O EXPRESSO já não tem
Moral, não é como era
Ao dinheiro diz Amém
A lei da mordaça impera!

De vidro há tantos telhados
Portugal é um bordel
De medo, andam borrados
Primeiro... salvar a pele!

Esta máfia nacional
Protege-se mutuamente
O silêncio é sepulcral
A omertã é urgente!

Que se lixe a transparência
A verdade é p'ra calar
Comprar o jornal! Urgência!
Custe o preço que custar!

Agora não é jornal
É pasquim!, se abastardou
Lelé da cuca afinal
Por lelés... todos tomou!

Ramos de Barros

sexta-feira, julho 22, 2016

FUNDAMENTALISTAS DO DÉFICE!!!







Há fundamentalismos tão insanos
Fruto de rigidez, de obsessões
Porque há défices bons, puritanos,
Só merecem louvor, não sanções!

Investir bem é saber criar
Um efeito multiplicador
É produzir bem para gerar
No futuro, riqueza e valor.

Despesa virtuosa, sabemos,
Está na génese do reformismo
Escravos do défice, seremos

Se pensarmos no imediatismo
Olvidar o prazo não podemos
É cair no cego rigidismo!

Nota: Esta postura é colhida numa célebre intervenção do ex-ministro das finanças Dr Miguel Cadilhe (um economista sério, ponderado, não um charlatão como cavaco silva...) que incentiva a despesa "virtuosa" como mal necessário ao reformismo desenvolvimentista! Daí que há défices virtuosos ou viciosos, tudo dependendo dos suas origens...

quinta-feira, julho 14, 2016

Prémio nobel para Cavaco Silva!

http://www.dn.pt/portugal/interior/cavaco-foi-o-unico-a-defender-sancoes-no-conselho-de-estado-5282049.html
Cavaco Silva um homem de coragem e ousadia!É preciso ter coragem, depois de mandar comprar um carro topo de gama para ser usado pelo seu sucessor, este, por não concordar com o despesismo faraónico recusou-o e enviou-o para a esfera governamental.

Com uma despesa colossal ainda maior do que a casa Real de Espanha, o ex-Presidente da República, com aquele ar de vestal imaculada, puxou dos galões e apoiou as sanções a Portugal! Isto, ao que consta, no próprio Conselho de Estado!
Cavaco silva invoca muitas vezes o seu passado, dizendo com ironia: «eu já tinha avisado, eu já tinha previsto, eu avisei...»
Ora, essas invocações são pertinentes, quando ele invocada o contrário do que agora afirma.

Aquando da sua tomada de posse afirmou taxativamente: «não mais austeridade...»
Para se justificar da não aprovação do PEC IV, disse mais ou menos isto: «O pais não pode suportar mais austeridade...»

Foi de tal forma despesista no seu governo (esbanjador, anti-austeridade...) que levou o insuspeito Dr Miguel Cadilhe a afirmar ser ele cavaco o "pai do monstro despesista"..VER.http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=175537
  É preciso coragem, atrevimento, até!!!
O Prémio Nobel da Hipocrisia, se ainda não existe precisa de ser criado pois ele encaixa como uma luva neste espírito carregado de contradições e de surpresas...

Coerência não é coisa que encaixe na personalidade multifacetada de Cavaco Silva ...

quarta-feira, julho 13, 2016

O CÉU AQUI TÃO PERTINHO...

D. Dolores Aveiro lá foi a Fátima orar, implorando a vitória de Portugal no Euro 2016. Portugal ganhou e ninguém fala dela.  E sabem porquê?


O SUAVE MILAGRE


A Fátima foi orar
Fé ardente e sem igual
Lá foi, somente implorar
Uma coisa singular:
Vitória de Portugal!


E rezou por toda a gente
Co'o ego tão deprimido
De alegrias tão carente
Foi lindo, foi comovente
Não cairá no olvido!

Pediu por nós, simplesmente;
Com alma, com devoção
E rezou, foi convincente,
A Senhora, tão contente
Foi pedir a Deus, então...

Deus, lá no meio dos santos
Exclamou,  tão comovido:
«Devotos são tantos, tantos,
Um vai ser correspondido
Chama-se Fernando Santos!»



Helénio Herrera o precursor...

Helénio Herrera  que adoptou o chamado catenaccio no futebol italiano (com o famoso libero atrás da cortina defensiva) foi o precursor do futebol pragmático...

 Fernando Santos o treinador nacional disse que queria ganhar, mesmo jogando feio e não ser  merecedor da vitória. Ora, jogar um futebol prático, sem floreados nem rodriguinhos próprios de brinca-na-areia , é o que se pretende para obter resultados concretos. Já Helénio Herrera no século passado pensava assim. E conseguiu títulos importantes.Jjogar com coesão defensiva, desgastar os adversários no meio campo, fazê-los cheirar a bola e depois de os ver cansados,  desferir a estocada final, é esse o segredo dos pragmáticos. De líricos a jogar futebol bonitinho estamos fartos. Ganhar moralmente não aquece nem arrefece nem dá títulos...
 

terça-feira, julho 12, 2016

«TÊM INVEJA DE MIM!!! `A NOVA CASSETE DOS CORRUPTOS...

Hoje em dia começa a ser já matéria de anedotário nacional. Os acusados de corrupção ou administração danosa dizem que têm inveja deles, da sua obra grandiosa, da sua popularidade, do seu êxito! Os acusadores são movidos pela inveja e pelo ciume doentios!

Vimos na última campanha para as autárquicas do Porto, o candidato apoiado pelo JN (por motivos que mais tarde se vieram a apurar e não dignificaram nada o jornal nem o candidato...) afirmar alto e bom som que os que criticavam a administração danosa em Gaia eram todos invejosos e tinham ciumes da sua popularidade e do seu êxito!
Enfim, depois foi o que se viu e o que se continua a ver com buracos e crateras financeiras monstruosas e o visado a ser investigado pela PJ por ostentar bens muito superiores ao que seria lícito possuir atentos os seus modestos vencimentos de autarca...

Quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lado lhe vem!, diz a sabedoria popular...

No entanto em plena campanha (o JN deixou para a posteridade esse lamuriar persistente e obsessivo...) dizia-se vítima de invejas e ciumes dos adversários.
Vemos  outros, de outros quadrantes (Sócrates, Lula da Silva, Mesquita Machado, Valentim Loureiro...) a glosarem o mesmo tema, baterem na mesma tecla, que já é tempo de se acabar com tal náusea! E todos além de se dizerem vítimas de invejas acrescentam que "dormem de consciência tranquila!", outra cassete muito popular...

A inveja existe, não se pode negar, mas quando alguém é criticado objetivamente por factos concretos, não é digno de atenção se vem com tal argumento. Já é fastidioso o presidente da câmara tal vir a público queixar-se dos invejosos opositores quando eles, no exercício do seu direito/dever agem com atenção em defesa da coisa pública.
E o que é demais é erro! Basta de vitimizações  pacóvias e de coitadinhismos parolos!




PARIS ARDE DE JÚBILO! PORTUGAL VENCEU A FRANÇA!

Eles deram cabo da perna do nosso galo-mor mas os outros empertigaram-se e deram cabo deles! ficaram com tanta azia que nem a Torre Eiffel iluminaram com as nossas cores como o fizeram no dia em que eliminamos o País de Gales. Estes franceses não são galos... são capões!

Fernando Santos agradece à divina Providência a dádiva! 

http://observador.pt/2016/07/11/fernando-santos-a-carta-na-integra-que-agradece-a-deus-e-antecipa-a-vitoria/


sexta-feira, julho 08, 2016

FRANÇA VS PORTUGAL, DOMINGO EM PARIS!











A França venceu a Alemanha por 2-0 e está com destino marcado para defrontar Portugal na final em Paris. O apoio do público não irá atemorizar a equipa das quinas que já não tem medo de nada, passando pelo que já passou. A França é uma equipa forte fisicamente, perigosa nos lances de bola parada e nos cantos onde a envergadura física de alguns é imponente. Tudo bem, mas Portugal tem mais técnica, mais matreirice, jogando no rés-do-chão, fazendo a bola girar rente à relva, em passes curtos e seguros,  poderá dar baile e fazê-los cansar. Se ao intervalo estiver tudo a zeros, como é previsível (a França joga na retranca a explorar o contra-ataque...) há que dar frescura ao meio campo e pôr o Zorro Quaresma para dar o golpe final. Bola à flor da relva, segurança no passe, criação e exploração de espaços vazios, utilização dos flancos e, depois, cruzamentos atrasados para os nossos médios será a solução final. Estes franceses são altos e toscos, velozes e lutadores, mas isso não será suficiente para a nossa capacidade de superação. com calma, segurança, paciência e acutilância poderemos eliminar esta equipa poderosa, física e tacticamente, mas não intransponível. Não podemos deixá-los surgir a rematar próximo da área, nem a cabecear livres na área, onde são poderosos e eficazes.

Atenção ao "doping"!!! Os franceses deram-nos o doping para domingo! só temos que agradecer! Este é dos bons!!!  Será que Portugal vai aproveitar?!!!
Até da Suíça vem mais DOPING!!! DE BORLA!!!

O nosso 4 x 4 x 2  compacto, não deixando penetrar pelos flancos (onde eles fazem cruzamentos bem medidos...) poderá funcionar como muro de betão, depois, os médios com precisão no passe e sem abusar da bola para a frente, sem nexo, mas com conta peso e medida, para os espaços frontais  dos nossos avançados, eis o segredo do sucesso contra esta "besta negra" que se dá mal com a inteligência e matreirice de adversários mais tecnicistas e manhosos. A astúcia e o envolvimento coletivo terá de ser a nossa arma. Com audácia e determinação venceremos estes "matacões" ferozes e corpulentos que só serão travados pela magia, pela segurança no passe e pela matreirice. Há que acreditar nisso, e, com paciência, levaremos o barco a bom porto, ao porto da vitória!

Papéis do Panamá, silenciados?!!!





O jornal Expresso e a TVI fizeram um estrondo enorme, revelaram alguns nomes, contudo o silêncio é sepulcral no que toca aos políticos!

Será que há corrupção? Será que há dinheiro por baixo da mesa para silenciar estes órgãos de informação? Será que têm medo de perder publicidade, normalmente associada a grandes grupos económicos?

«O medo guarda a vinha» diz a sabedoria popular...
Andam borrados de medo, abrem as goelas cheios de garra, mas depois... enfiam o rabinho entre as pernas e é o que se vê!!!

E os jornalistas avençados pelo BES? Havia uma lista com nomes. Havia dinheiro vivo aos milhões (encontrado numa vivenda...) para esse fim. Mas ficou tudo em águas de bacalhau, porquê?

Jornalistas e políticos são farinha do mesmo saco. Por trás, a maçonaria,  corrompida como fala Antonio Arnaut controla tudo. Veja o que se passa com o JN que pouco revela sobre o caso da Operação Marquês mas dá espaço nobre ao visado para atacar a justiça de forma insultuosa e sem dar oportunidade a essa mesma justiça para rebater as infames acusações do visado!!! A Dra Maria José Morgado bem diz que os magistrados não são loucos, mas Mário Soares diz que o juiz Carlos Alexandre ("que se cuide") é um maroto e anda a perseguir o amigo...A opinião pública não consegue discernir e destrinçar o trigo do joio!
Triste jornalismo este! Servil, amordaçado, capturado pelo vil metal, seduzido pelo canto da sereia publicidade que tudo controla, tudo esmaga, tudo reduz ao silêncio mais abjecto!!!
Tristes políticos estes que silenciam,  ocultam, vivem no submundo da delinquência, ostentando sempre a imagem de gente impoluto e acima da crítica, parecem vestais romanas mas não passam de rameiras venais!!!

Pobre país que quer rasgar a mordaça, erguer-se do chão, levantar a cabeça, mas não consegue porque esta escumalha mafiosa que vive nos lugares de topo do aparelho de Estado é solidária na hora do medo!!! vivemos rodeados de ratazanas imundas que se governam à custa de um "sistema" corrupto e controlado a todos os níveis!Um novo abril espreita ao fundo do túnel!



 Portugal, caravela milenar,
Fustigada p'lo vento-corrupção
Neste mar de injustiças vai penar
Até singrar ao rumo-redenção.



Marinheiros-piratas sem vergonha
Pilhando tudo e todos sem pudor,
Precisamos de alguém que a todos ponha
A trabalhar com honra e pundonor.


Só piratas a bordo, um vespeiro!
À deriva, no mar, sem rumo certo
Triste sorte vai ter, o fim 'stá perto.


Português, ó valente marinheiro,
Há que afastar piratas do veleiro
Desterrá-los p'ra longe! P'ró deserto!

quarta-feira, julho 06, 2016

País de Gales versus País dos Galos

Hoje joga-se o País de Gales Portugal para o campeonato europeu de seleções. Há que ter cautela com o contra-ataque  pois fecham-se muito bem e saltam que nem molas para um contra-ataque mortífero, sagaz, organizado. Não podemos dar espaços e no meio campo usar faltas "cirúrgicas" quando possível pois só assim é possível trava-los. Aquilo que o País de Gales tem feito é de molde a impor respeito e atenção, nada de excessos de confiança sempre nocivos. Há que os chamar e fazê-los correr atrás da bola até os cansar. 
Atenção,  Gareth Bale está farto de ser "carregador de piano" no Real Madrid e agora pode querer mostrar que é candidato a "prima donna"!
O calor poderá ser nosso aliado pois estão menos habituados a ele. Nunca desguarnecer a nossa defesa totalmente pois são venenosos no contra-ataque. Lá na frente era hora de pôr um ponta-de-lança de raiz para dar folgas ao Nani e ao Cristiano Ronaldo. Era hora de lançar o Rafa, está fresco, com fome de bola e obrigá-los-á a correr muitos quilómetros. Se sofrermos um golo, a ida para o ataque não poderá ser desenfreada pois, senão,  com espaços, eles poderão dar largas ao seu espírito guerreiro. Cuidado com os flancos, eles correm que se fartam e os nossos laterais são bons a atacar mas péssimos a defender. O "trinco", seja qual for, tem de acautelar as dobras aos laterais. Enfim, muita concentração e eficácia no remate. Evitar o uso de remates de longe, sem ângulo, só para  sair por cima da trave ou para as mãos do guardião...Se formos aos penaltis, então, muito concentração e nada de excessos de zelo: remates fortes e com precisão sem a preocupação de ir ao poste ou à barra...