rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, março 26, 2017

BEATISMO, FACE DO POPULISMO?!

Hoje em dia a palavra populismo tende a ser usada cada vez mais. Aplicamo-la com frequência para catalogar comportamentos bizarros, da parte de políticos, com o fito de angariar votos de forma estranha, aproveitando-se muitas vezes de crenças e convicções profundas do nosso povo.
Vejamos alguns casos concretos:

l- Foi oferecido um carro de bombeiros aos bombeiros de Vila do Conde. Foi aproveitado um local e uma hora de muito afluxo de crentes para benzer a viatura. Foi usado como palco mediático a Igreja do Senhor dos Navegantes nas Caxinas, no final de uma missa dominical. Enfim, as pessoas de boa fé interrogam-se sobre as motivações profundas deste modus faciendi pouco comum e que cheira a captação de votos de forma artificial e hipócrita...

2- Tem sido promovidos alguns passeios pedestres, pela câmara municipal, através das nossas freguesias. Aproxima-se o acto eleitoral e é uma forma subtil de mostrar serviço, exibindo a imagem da edil mor com o seu séquito de turibulários. Imagine-se que um desses passeios foi até à PORTA SANTA!!!
Intitularam ao referido passeio__ segundo se pode ler no Jornal de Vila do Conde__ PASSEIO DO PERDÃO!!!
Os caminhantes pedem perdão a quem»!!! Aos munícipes por visitarem poucas vezes as freguesias, por não terem cumprido todas as promessas feitas em campanha eleitoral, por investirem mais na sede do município do que nas freguesias?!!! A pergunta fica no ar...



Refira-se que a PORTA SANTA fica fora do concelho, na vizinha Póvoa de Varzim (freguesia de Balazar).. Será que as portas dos nossos sagrados templos não mereciam o privilégio de ser o termo da caminhada?! Será que ainda não atingiram tal patamar de sacralidade?!

3- Alguns políticos ateus, que fazem gala de o serem, vão frequentemente aproveitar o banho de multidão que lhes é oferecido pelas majestosas procissões que se realizam um pouco por todo o lado. Por que não se abstêm dessa participação, pois, não sendo crentes, seria muito mais digno e coerente, ficarem de fora, deixando aos veros crentes esse trabalho e essa manifestação de fé.
Será que querem exibir-se perante os eleitores crentes? Será que pretendem colher votos nesses cenários de cunho marcadamente religioso? Sou cristão e sei que Deus está em toda a parte. É tão eficaz a oração na casa de cada um, como na via pública. Não acredito na eficácia de uma oração num ambiente onde a euforia e o exibicionismo pedante são imagem de marca!!!
Já era tempo de se separarem as águas.  «A César o que é de César, a Deus o que é de Deus!»
O exibicionismo da fé, de forma tão excessiva, já deu azo a que o Papa Francisco, com a sua frontalidade e acutilância tivesse dito mais ou menos isto: «Afastai-vos dos que arrotam santidade, por vezes são bem melhores os que confessam as suas fragilidades e fraquezas...». Eu pecador me confesso...

josé sá

apóstolo da cidadania pura 

 O Fascismo está de volta. Com nova roupagem é certo, mas com os mesmos tiques beatos aproveitando a religião para engodar os pacóvios...

Ouçamos o intemporal António Aleixo, esse iconoclasta sempre pronto a zurzir os vendilhões do templo e da política!
:



Os Vendilhões do Templo

Deus disse: faz todo o bem
Neste mundo, e, se puderes,
Acode a toda a desgraça
E não faças a ninguém
Aquilo que tu não queres
Que, por mal, alguém te faça.

Fazer bem não é só dar
Pão aos que dele carecem
E à caridade o imploram,
É também aliviar
As mágoas dos que padecem,
Dos que sofrem, dos que choram.

E o mundo só pode ser
Menos mau, menos atroz,
Se conseguirmos fazer
Mais p'los outros que por nós.

Quem desmente, por exemplo,
Tudo o que Cristo ensinou.
São os vendilhões do templo
Que do templo ele expulsou.

E o povo nada conhece...
Obedece ao seu vigário,
Porque julga que obedece
A Cristo — o bom doutrinário.

(António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

Fui visitá-lo ao céu dos imortais. Lá estava ele, sentado a uma mesa, escrevendo mais poemas. Intrigado, perguntei-lhe:
__ Então Aleixo sempre a escrever , isso não é uma obsessão, até no céu, não era tempo de descansar?

Respondeu-me, sorrindo:
__Eu sabia que tu cá vinhas. sabes que vejo  sempre o canal terrâqueo e  soube da tua vinda.  Por isso, não pude deixar de ler o teu blogue e quero comentar pessoalmente a tua análise, muito séria e pertinente, apesar do sorriso irónico que lhe subjaz. Tenho falado aqui com o Bocage, que mesmo no céu continua a ser aquele gajo porreiro que Setúbal conheceu e que Portugal inteiro adora;    ele também lê muito e creio que até já comentou o teu blogue; agora é a minha vez, vou arriscar uma parábola, e que Deus me perdoe...

Esta parábola arrisco:
O Povo é peixe normal
E Deus não passa de um isco
No anzol Poder Local!

Exibir Fé, é vaidade,
Por vezes, mera cortina,
Para ocultar a verdade
Que o Povo  nem imagina!

Bizarra cumplicidade
Ou tão só chico-espertismo
César com Deus, na verdade
Cheira mesmo a oportunismo!

Caudilhos feitos cruzados
Mimetismo oportunista
Deus e César irmanados
Na mixórdia populista!

Tanto oportunismo à solta
Que pergunto aos meus botões:
O Povo não se revolta
Contra as tolas perversões?!!!

Eu nunca baterei palmas
A oportunos... "devotos":
Uns, lá vão pescando as almas
Os outros... pescando... os votos!!!

Querem tudo abençoado
Manipulação das gentes
Deus, por César capturado
Torpes fins, tão evidentes!


__Muito obrigado António Aleixo, vejo que ali ao longe vem o Bocage. que nos quererá dizer?!
Mestre Bocage chegou e puxou uma cadeira para se juntar a nós. Falou assim:
__Meu amigo, quero que mandes um abraço aqui do céu ao Frassino Machado e à América Miranda por tudo o que têm feito em prol da divulgação do meu estro. E,  já agora,  manda um abraço ao Mourinho e ao pai, ao Félix, para que recupere das maletas; e que o Vitória continue a fazer das suas,  pois fico espantado com os jogos que tenho visto através da nossa televisão aqui do céu! aqui,   até crei uma claque: O OITAVO EXÉRCITO!!!





terça-feira, março 14, 2017

Era uma vez uma golden share...

                                                         Helder Bataglia da ESCOM

A chamada Operação Marquês tem trazido a público situações hilariantes. José Sócrates diz que a golden share por si usada para inviabilizar a venda da PT à Sonae não favoreceu o dr Ricardo Salgado (do BES). Claro que esse travão inicial não foi desfavorável ao BES. Mas ao "destravar" a golden share, a seguir, permitindo a venda da VIVO , aí sim, favoreceu e de que maneira.
Quando Helder Bataglia vem dizer que foi Ricardo Salgado que mandou enviar 12 milhões de euros para Santos Silva (alegado testa de ferro de Sócrates) veio deixar ficar mal na fotografia  o referido banqueiro que passou, ipso facto, a ser o corruptor. Mesmo negando-o, a lógica assim o implica.
A desculpa esfarrapada de Ricardo Salgado de que pensou que essa verba era para aquisição de poços de petróleo, faz rir;  pois então ele não controlava o dinheiro, não verificou documentos dessa compra, não soube que o destino final não foi esse? Assumindo as vestes de um anjinho, ficou mal na fotografia, pois ao alegar que Helder Bataglia desviou  recursos(fugiu ao inicialmente acordado) era normal que o fizesse em proveito próprio,  e não para uma pessoa que desconhecia em absoluto!!! Santos Silva, o tal "barriga de aluguer" no pitoresco dizer do empregado de Sócrates que fazia transportes de dinheiro de um lado para outro... a mando do patrão.

Enfim, zangam-se as comadres e aparecem as verdades. A verdade tal como o azeite, vem sempre à tona! é de um cinismo chocante ouvir o dr Salgado dizer que tem pena dos lesados do BES e quer saber quem é o culpado!!!
O certo é que o Dr Ricardo Salgado era um mãos largas! Veja-se a lista de alguns dos maiores devedores: VER AQUI O Novo Banco tem uma herança pesada! Será que ainda recairá sobre nós mais alguma "empreitada"?!
Será que  quando houve aquele desvio milionário no BES Luxemburgo (cerca de mil e duzentos milhões de euros), em que ele alegou que o contabilista havia cometido negligência grosseira e não delito grave, não se estava mesmo a ver que estava ali  o seu dedo, era ele, de facto, o mandante?! Isso confessou mais tarde o referido contabilista, que, segundo instruções recebidas, deveria ocultar (meter debaixo do tapete)todos os anos,  200 milhoes! Depois aconselhou-o a fugir para o Brasil!!! O que ele não fez, assumindo as suas responsabilidades ...
Enfim, resta saber o papel do dr Granadeiro (uma espécie de charneira entre Sócrates e Ricardo Salgado pois tinha intimidade com ambos) e de Zeinal Bava. Enfim, aguarda-se a acusação com a brevidade possível a fim de assentar a poeira e começarem a surgir os verdadeiros culpados. Mas a procissão ainda vai no adro. Foguetes, é o que mais se vê...
O prazo para acusação termina a 17 de Março, Contudo, sabe-se que ainda há quatro cartas rogatórias sem resposta e o volume de informação a tratar é de tal ordem que, mais mês, menos mês, não fará grande diferença. É um caso de excepcional complexidade, logo, há que dilatar os prazos conforme é usual e legal. Querer fazer crer que é ilegal é mais um embuste. A segurança da acusação é prioritária. Que a precipitação não seja a causa de muitas situações escabrosas. Granadeiro já deu provas de que não pretende o apuramento da verdade. Porquê? Quem tem rabo (de palha) tem medo!!! Tentou impedir a remessa de informação bancária e tudo fará para que a verdade não seja apurada. Os outros, estão no mesmo saco, farão o mesmo! a Senhora Procuradora Geral da República não terá outra solução __ atendendo aos factos concretos e à falta de resposta das cartas rogatórias, bem assim como ao comportamento pouco colaborante dos arguidos__ que não prorrogar o prazo de acusação por mais algum tempo se isso for pedido. Não vitá mal nenhum ao mundo! a segurança e a procura da verdade total acima de tudo! Abreviar e precipitar a acusação, quando se sabe que há documentos que estão a ser abusivamente retidos (cartas rogatórias sem resposta)  isso é que é um embuste intolerável!!! O longo braço da lei tem de funcionar, custe o que custar, doa a quem doer!

Post Scriptum:   A senhora procuradora geral da república veio dar mais 60 dias para prosseguir o inquérito, como era aguardado. Sócrates volta a zurzir forte e feio na justiça.VER AQUI
Esta cassete já causa náusea. O processo é altamente complexo e tal como há outros na justiça portuguesa usufrui da possibilidade legal de ver dilatado o prazo meramente indicativo consignado na lei. O dizer que é ilegal é mais um embuste, uma manobra capciosa para tentar induzir em erro a opinião pública. Denegrir a imagem da justiça, lançar lama para os juizes é manobra chantagista e já desgastada. A verdade material deve ser obtida por todos os meios. o tempo deve ser  concedido sob pena de ficar a acusação cerceada e coarctada dos elementos probatórios mais relevantes. As cartas rogatórias podem estar a ser sonegadas (ou até retidas) por influência dos que se queixam da morosidade da justiça! Essa é que é a grande probabilidade!

sexta-feira, março 10, 2017

Os "tutores" da democracia!!!

http://expresso.sapo.pt/politica/2017-03-07-Associacao-25-de-Abril-cede-espaco-para-conferencia-de-Nogueira-Pinto

Nem simpatizo com as ideias e as posições ideológicas do professor Jaime Nogueira Pinto. Conheço as traves mestras do seu ideário e li alguns livros dele mesmo antes do "25 de Abril".
Agora, ao ser silenciado por pretender dar uma conferência por um grupelho de alunos da Universidade Nova, não posso deixar de manifestar a minha perplexidade. Então a democracia tem agora "tutores", "guardiões do templo", "zelotas"?!!! Novos fundamentalistas no horizonte?!
Ainda recordo os tempos do PREC em que o professor Marcelo Rebelo de Sousa (e seu irmão António) viram recusada uma conferência no Instituto Superior de Economia (ainda nas instalações do Quelhas) por uma  deliberação de uma RGA. sob o pretexto de serem  "fascistas", que não eram "democratas", diziam à boca cheia! E arrotavam democracia e liberdade!!!

Ainda recordo a perplexidade do professor Fausto Quadros que exclamava: «então se são fascistas, vamos aproveitar a oportunidade para os enfrentar e demonstrar que estão no erro,; «se não são democratas, nós, os verdadeiros, os legítimos, podemos educá-los e conduzi-los ao bom caminho!» dizia sorridente  com sarcasmo e superior ironia!
O medo, a falta de coragem a boçalidade de gente sem formação mas desejosa de manter inviolável o seu "castelo"! Gente míope, gente estulta, gente castrada de liberdade!
Artur Salada Ferreira, então um aluno da noite, que trabalhava na Regisconta, exclamava, incrédulo: «são estes os democratas?! cobardes é o que são!»

Passados tantos anos, os "tutores" regressam, empenhados em proteger o seu ideário das ideias dissolventes e iníquas, como apregoava o antigo regime, que, os agora repressores da liberdade de expressão,  apodavam de fascista!

Quem são os fascistas?!

O tema mantém actualidade. A Associação 25 de Abriil, abriu os braços à tolerância, ao pluralismo, enfim, à democracia adulta e responsável! Parabéns! Nós, os militares que estivemos na génese do regime democrático, ficamos felizes por este episódio, pedagógico, apesar de tudo!

quinta-feira, março 09, 2017

Efeitos branqueadores...



Este Papa tem sido acusado de ser comunista e coisas no género, como toda a gente que se dispõe a atacar os grandes vampiros da era moderna. Já o arcebispo de Olinda e Recife, D. Helder da Câmara,  dizia que quando defendia os pobres e lhes dava de comer o chamam de santo. contudo, quando explicava as razões profundas da pobreza, o chamavam de "comunista".
É infelizmente o cenário mais comum hoje em dia. Qualquer cidadão, íntegro, sem conexões a partidos ou a seitas políticas é logo apodado de "comunista" se ataca a sério as razões profundas da miséria. E elas são tantas e tão óbvias, que só não as vê quem não quer!

Vejamos aqui entre nós o descalabro com os parcerias público-privadas, que redundou num escândalo financeiro que só prejudica o Estado e salvaguarda de forma excessiva os interesses privados. Os SWAP'S foi outra machadada  no bom senso, na defesa do interesse  público, em detrimento do interesse privado.
Aqui em Vila do Conde o que vemos com o excessivo empenhamento da edil local com os interesses do Sr Agonia, dono dos Hospitais Senhor do Bonfim, é algo de perturbante.
O Grupo foi criado na expectativa de fazer parcerias rendosas com o Estado. contudo, a situação calamitosa das nossas finanças públicas é preocupante e não convida a  negociatas deste calibre...
Assim, de uma forma que não deixa de preocupar os que olham para estas coisas com olhos de ver, há quem queira reeditar cenários de "benemerência" à custa do erário público. É sabido que o Grupo Hospitalar está subaproveitado pois a construção foi megalómana.  A procura é insuficiente. Logo há prejuizos óbvios. Culpa de quem? querem alimentar um "elefante branco" com o dinheiro de todos nós?!
A culpa é de quem geriu expectativas demasiado altas. Culpa de quem quis antecipar-se ao Estado julgando colher saborosos frutos. Contudo o tiro saíu pela culatra...
Alguns que passam a vida a "arrotar santidade", dão péssimos exemplos, desbaratando dinheiros públicos com "caridades" que redundam em engorda dos mais ricos e depauperamento dos mais pobres... Tirar ao Estado (a todos nós...) e dar aos argentários, não é  aceitável, mas sim digno de censura!

O que pensa a câmara da Póvoa de Varzim? Tem o bom senso suficiente para não embandeirar em arco e limita-se a querer fazer obras de ampliação da estrutura estatal existente. E muito bem.
Já basta de jogadas de bastidores . Já basta de negócios pouco claros... O país precisa de transparência absoluta e austeridade  pois se nós vivemos em austeridade porque não o Estado e seus tentáculos?!  Será que a câmara da Póvoa de Varzim, por defender o interesse público, é comunista?!
Post scriptum: Um conhecido autarca de Vila do Conde dizia-me a sua opinião desta forma:
«Sem bairrismos doentios, sem defesa de campanários paroquiais, punha-se o assunto à consideração popular, com um referendo nos dois municípios. Definia-se o custo de cada opção e punha-se o povo a votar. Democracia mais pura e cristalina não há». Tem carradas de razão.


Post Scriptum: A dra Elisa Ferraz da camara de Vila do Conde, apologista do negócio com o Sr Agonia (do Hospital Senhor do Bonfim)  diz (VER AQUI) que a ampliação do Hospital da Póvoa custa 30 milhões!!!
Será que já se sabe o conjunto de obras que se vai realizar na Póvoa para dar satisfação aos anseios da população, julgo que ainda não se falou nisso sequer e ela já está a lançar no ar números bombásticos! será prudente, será sensato, será intelectualmente honesto?! O que faz correr a Dra Eliza Ferraz?!

terça-feira, março 07, 2017

Ensaio sobre a Coragem...





Eles andam por aí, exibindo de forma despudorada e impante a sua coragem. É vê-los na rádio, na TV, nos jornais. Vaidosos, arrogantes, por vezes sem um resquício de modéstia, sem um pingo de ética, sem aquela humildade que define os homens de carácter. Exibicionismo puro, estulto. Jactància, exibicionismo, vaidade sem limites...Vimos Hitler, cheio de coragem,  conduzir o mundo ao abismo, retirando a esperança a milhões de seres indefesos; vimos Pinochet, um facínora cheio de coragem, acobertado pelas forças mais retrógradas do Chile (I.C. incluída...) vimos Franco,  um fariseu assassino, vimos Mussolini,  vimos Alves dos Reis, o famoso falsário; enfim, tudo gente que vociferava coragem e fazia temer as criaturas...Mas sem escrúpulos, sem honra, sem ética, sem humildade, sem modéstia...
Faltava-lhes dimensão humana, ética, serenidade. Aquilo que lhes sobrava em coragem, faltava-lhes  em escrúpulos, em honra, em dignidade. Orgulho e soberba em grau patológico, como vemos alguns por cá. Por tudo e por nada estão a exibir o seu orgulho por coisas de lana caprina, como se esse orgulho lhes retirasse a carga negativa que por vezes exibem...

A coragem só por si não é nada, é um valor sem valor. É preciso sageza, é preciso ponderação, é preciso prudência e sensatez.
Vimos Vale e Azevedo, cheio de manhas, repleto de astúcia, dominando a comunicação social com perícia; vimos Sócrates, o autoproclamado "animal feroz", exibindo coragem e astúcia com a verbosidade de um ilusionista de feira, vimos Ricardo Salgado, cheio de artimanhas, de astúcias, de coragem...
O país nesta hora de regeneração (será que vem aí ou continua tudo com dantes, quartel general em Abrantes...) precisa de gente séria. Não olhem embasbacados para o seu carro, o seu fato Armani, a sua conta bancária que lhe permite pagar almoços e jantares a todo o mundo, em restaurantes d e luxo,  para se projetar, se alçapremar ao estrelato, ao poder. Isso, tantas vezes, não é mais que fogo de vista, areia para os olhos,  aragem dourada que procura esconder a  pulhice que vai na carruagem...
Já dizia o escritor invisual, Jorge Luís Borges:«o cego vê mais fundo e mais longe , pois não se deixa iludir pela aparência...»


 

domingo, março 05, 2017

VERGONHA NA CARA!!!



Aquando da tragédia de Enre-os-Rios (a queda da ponte) Jorge Coelho (então ministro da tutela) pediu a demissão, assumindo a responsabilidade política. Enfim, sentido de Estado, assunção de responsabilidades.

Agora, Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, já depois de se saber que não ficou bem na fotografia (como revela o Público aqui, no que concerne ao _Banif) , veio a público uma reportagem da SIC em que ele é acusado de nada ter feito após ter recebido um relatório minucioso em que se dá conta da situação catastrófica do BES e de outras situações de alto melindre. Isto, em 2011. Aconteceu o que aconteceu...e ele sempre no pedestal como se nada fosse com ele!

Agora, depois de se saber tudo isto, que espera para pedir a demissão, assumindo as suas responsabilidades políticas, como fez, de forma exemplar, Jorge Coelho?!

Tenha vergonha na cara, senhor governador!

O País profundo, o que sofre com os dislates de alguns (como os milhares de lesados do BES e outros...)  pede-lhe esse   gesto de dignidade. Tenha VERGONHA NA CARA!!! DEMITA-SE SEU IMPOSTOR!!!

Nota: Ele não se vai demitir pois há quem esteja interessado em tê-lo como ponta de lança... e não digo mais, para bom entendedor, basta ver quem lucra e já lucrou com a sua permanência!!!! Só não vê quem não quer!!! Qualquer dia dia teremos uma notícia na TVI e dar-se-á  outra implosão! todas as causas nas mesmas circunstâncias produzem os mesmos efeitos!!! e lá diz a sabedoria popular: «cesteiro que faz um cesto, faz um cento!!!»

terça-feira, fevereiro 28, 2017

As três Marias

As três da vida airada...