rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, setembro 04, 2008

Puritanismos farisaicos!

Este país foi inundado por um tsunami de farisaísmo! Será que algum político pulou a cerca? Não, nada disso.

Lá, na pudibunda América, uma jovem de dezassete anos decidiu contra puritanismos canhestros assumir o nascimento de uma criança que o amor fez desabrochar nalguma noite de mais calor, nalguma madrugada fria que apelava ao calor humano e à interpenetração, nalgum dia cinzento em que o sol da liberdade derramou os seus raios redentores sobre um casal apaixonado.

No frio Alaska uma jovem ousou ser mãe solteira, afastando o cenário (talvez mais prudente e mais hipócrita ) de um aborto. A mãe está indigitada para ser vice do candidato republicano à presidencia dos States, e aí é que a porca torce o rabo! O farisaísmo estende os seus tentáculos ao mundo inteiro!

Quando a taxa de natalidade anda pelas ruas da amargura, ainda há quem se preocupe com estas puritanices de meia tigela! Se ela tivesse abortado ninguém saberia, tudo seria mais fácil. Mas a América é hipócrita, dá mais valor a estas cretinices do que aos factos gravossos que ocorrem pelo mundo inteiro. Dá mais ênfase a este fait divers (tal como fez com o fellatio da secretária de Clinton...) do que à ininterrupta tragédia de DARFUR!

Pulhices de mentes hipócritas e recheadas de puritanismos balofos! Deus me livre desta gentalha!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home