rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, outubro 05, 2008

A República desabafa!...


Eis os «culpados» da crise, na versão acéfala de alguns escribas vendidos ao sistema...

De facto, eles são precisamente a consequência dessa crise!


O neoliberalismo deu no que tinha que dar: desemprego, descapitalizações macissas, burlas, evasões em grande escala, delapidação do erário público, mordomias e mais mordomias, mercados em desespero...
Mas há quem atribua as causas da crise ao povo: «pessimismo doentio», «falta de produtividade»,«falta de espírito empreendedor», etc., etc.
Confundem as consequências com as causas. Lançam milhares para o desemprego, coarctam a produtividade com quotas restritivas, e depois gritam: «não produzem!», «são parasitas!», «falta-lhes optimismo!»...
É ridículo dizer isto, mas até o próprio PR, nalguns dos seus discursos patéticos, por vezes foi engrossando este caudal de miserabilismo ideológico procurando atribuír ao povo as causas do desnorte económico e do descalabro financeiro. A corrupção, essa, apaparicada em jantaradas e colóquios, os «gurus» a serem levados ao colo por sumidades da comunicação social, enfim, fazer o mal e a caramunha!...
A República, essa, olhando com tristeza este panorama, limita-se a desabafar...
A tristeza me invade e me asfixia
Sinto um aperto, um nó no coração;
A crise desta vã democracia
É falta de combate à corrupção!
Sanguessugas na banca, quais vampiros,
Vão causando anemia bem letal
O Povo passa fome, dá suspiros,
Assistindo ao descalabro nacional...
Os jornais cultuando quem golpeia
Com despudor, o nosso pobre erário
Entronizando o rico salafrário!...
«O Povo é o culpado!!!», é a ideia
Que o escriba corrupto patenteia
Chamando ao povo... «vil parasitário»!!!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home