rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, outubro 22, 2008

Estado ou Santa Casa?!


Que o Estado está «gordo» e é preciso fazê-lo emagrecer é o leitmotiv para mil-e-uma malfeitorias. Por vezes transformam o Estado em Santa Casa da Misericórdia, em Estado Mecenas acorrendo a toda e qualquer despesa para saciar a voracidade de clientelismos de toda a ordem...

Admita-se que há um jornal que de tão fraco, tão incompetente (ou tão enfeudado a uma coutada política...) não consegue sobreviver pelos meios normais. Que fazer então?!
Torná-lo «amante» do poder, fazer dele a concubina do poder político a fim de que as escorrências governamentais façam o milagre da sobrevivência. A ele se atrelam então os plumitivos incompetentes e salafrários que à sombra do poder político reinante vão tendo guarida e mantendo-se à tona da água como alforrecas danosas e desprezíveis! O Estado-tábua-de-salvação entra em acção e procura votos com esta generosidade! Generosidades destas são crimes de lesa-economia, são atentados à racionalidade, são esbulhos ao erário público!

Basta, meus senhores! O senhor cardeal patriarca deve uma explicação, sob pena de estar a pecar por omissão! O país aguarda serenamente a sua doutrina sobre esta problemática que ameaça entrar no Vaticano como uma caixa de Pândora infectocontagiosa e purulenta!

A gangrena faz recordar um pouco (embora salvaguardando as devidas proporções, como é óbvio...) aquele peçonhento caso de Boston...

Nota: Isto não está circunscrito a um local físico no país! Infelizmente a epidemia grassa em muitos locais... tal como o «jardinismo» que é multipartidário!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home