rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, outubro 15, 2008

Pensamentos do rouxinol

Hoje em dia vemos citados «Pensamentos » por tudo e por nada. Às vezes não têm nada de especial, mas citando-se o autor, toda a gente lê com reverência pois o autor é um «monstro sagrado»...

Dizia há tempos um conhecido jornalista que a Dra Manuela Ferreira Leite não tinha um único pensamento para Portugal. Ora, sem ser apoiante da senhora, devo dizer que este «pensamento» define a estatura moral e cívica do seu autor!

A talho de foice aqui vão alguns pensamentos que farão com que o tal jornalista não possa dizer de futuro: «o rouxinol não tem um único pensamento!»

Aqui vão cinco, tantos como os dedos de uma mão.


O pôr-se em bicos de pés
Nunca aumenta a estatura,
Os zés serão sempre zés
O que os distingue: a cultura...


Presunção e água benta
Cada qual toma um bocado
Pode ser a morte lenta
De muito idiota chapado.


Ser elegante não é
Sintoma de distinção,
Gordos, podem ser até
Distintos, na educação.


O berço de ouro não dá
P'rá fortuna passaporte;
Quem nasceu ao deus-dará
Pode ter a deusa-sorte!


Há muito burro-doutor
Ninguém ouse duvidar;
Capaz de ser professor
Mas... incapaz de ensinar!


Nota: Para fazer a meia-dúzia, aqui vai um, enxertado do saber popular: «Vozes de burro não chegam ao céu, a não ser ao céu do seu narcisismo...»

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home