rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, outubro 28, 2008

Candidata com mais perfil!

Carlos do Carmo, fascinado, comentou: «Isto sim, é uma vertente nova do Fado! Criatividade é o que o Fado precisa! Com este Fado o País sairá da crise, não tenho dúvidas! Acabou a fase do Fado-resignação, entramos numa nova era: o Fado-regeneração!!!»»

Na Tribuna Vip (que não resistiu a levantar-se!) choviam comentários elogiosos: «Esta sim, não tem par!», «Esta sim, é uma sujeita com grandes predicados!», «Um Fado destes dá gosto ouvir! é o que o País inteiro precisa! Cavaco que se cuide, que ela não tarda estará em Belém!», «Ela é uma autêntica ministra do Fado!» , «A Europa inteira precisa deste Fado!», «Isto sim, é que é Património da Humanidade!»


O povo autêntico, ouvindo em silêncio, como se fora num templo, este magnífico
espectáculo que encheu como um ovo, e também encheu o coração dos presentes!


A apresentação de Maria Lisboa foi um êxito assinalável!



Manifesto da candidatura à câmara de Lisboa






Fado da boa gestão



Lisboa barca sem norte



No mar do clientelismo



Quero mudar tua sorte



Levar-te ao mar-moralismo!









Os piratas partidários



Fartos de te saquear



Acabar co's salafrários



Co'as sinecuras sem par!









Eu serei a timoneira



Mais fiel que já tiveste



Serás a barca primeira



Da borrasca... sempre a leste!









O saque terminará



Não mais venais abordagens



Nunca mais ao Deus-dará



Não mais as reles pilhagens!









O rumo será controlado



Não mais orgias, abusos,



Neste mar encapelado



Não mais desfalques confusos!



Este mar de nepotismo



De vagas tão alterosas



Este mar de caciquismo



Há-de ser... um mar de rosas!






A deriva populista



Esse chular puro e duro



Essa festa despesista



Findará!, eu vo-lo juro!









Não mais D. Juans piratas



Pagando estudos a eito



Tesouraria de gatas...



A economia sem jeito!









Lisboa, barca sem rumo,



Nesse mar de despesismo



Comigo ao leme, eu assumo,



Acaba o chicoespertismo!



Bendito quem sol espalha



Feliz quem o povo ensina



Vou ganhar esta batalha



Como ninguém imagina!!!












Nota final:Após este comício choveram os pedidos de toda a ordem. No Brasil, Lula quer que ela vá como embaixadora; do Porto querem que ela vá substituír Rui Rio; da Figueira da Foz pedem-lhe que vá lá dar uma ajuda ao marasmo reinante, o casino prontificou-se a financiar a sua campanha eleitoral e diz que não quer nada em troca; de Fátima querem-na para gerir o santuário! De Felgueiras querem-na para substituír a Fátima Felgueiras!enfim, ela declinou todos os convites e disse:



«Lisboa precisa de mim! Não recuarei!»









0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home