rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, outubro 12, 2008

O centro de gravidade!


Meu caro Carlos Queiroz:
A equipa da Suécia é difícil, muito bem organizada, mas tem um defeito: psicologicamente débil!
Como derrotá-la?
Elementar, meu caro. Defender em bloco compacto, deixá-los «poisar»... depois, aproveitar a nossa capacidade técnica, no centro do terreno, fazer circular a bola rente à relva, obrigá-los a «cheirá-la», ir às linhas de fundo e centrar atrasado, rasteiro e aproveitar a embalagem dos médios... Meireles e Moutinho, são especialistas nisso!
O centro de gravidade dos nossos jogadores é mais baixo (sobretudo os centro-campistas), daí a maior estabilidade, o maior poder de drible, isso dará uma estabilidade psicológica grande à equipa. Os nossos três centrais são altos mas há que ter muito cuidado com os avançados (e defesas...) suecos, nos cantos e nas bolas paradas. Eles vão ao primeiro-andar e ... amortecem para o res-do-chão rematar... Cuidado com estes esquemas! O nosso guarda-redes que tenha muito cuidado com a estatura dos suecos: mais vale ficar entre os postes do que saír em falso, é que eles são mesmo muito altos! Nas bolas em que os avançados suecos possam aparecer isolados aí sim, há que saír com coragem!
Os nossos centrais devem ir à frente, em alternância (para não se esgotarem) e fazerem valer também o seu poder de elevação, nos cantos!
Depois de marcar um golo (de preferência cedo), há que gerir espaços, marcar bem o Ibrahimovic (o abono de família deles...), fazê-los desgastar psicologicamente, com a precisão do passe e domínio de bola.
Mas atenção: não jogar para a galeria, ser prático e objectivo no contra-ataque! o efeito surpresa e as mudanças bruscas de flanco serão o «abre-te Sésamo» da nossa vitória!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home