rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, agosto 26, 2008

Ecos respeitáveis...

Às vezes este blogue é citado na blogosfera. Em tempos foi Zé povinho que citou e até criou uma gravura alusiva ao meu post: «Será que a banca tem ponto G?»

Depois foi o Mar de Maio a fazer a fineza de enaltecer um post cujo título era «Marinho Pinto, um general sem medo».

Agora foi a vez do Comandante Manuel C. D. Figueiredo, no seu sempre lúcido e clarividente sextante poveiro, sublinhar o meu post «A Madeira à conquista do contenete».

A todos sem excepção (e àqueles que por qualquer motivo omiti, sei que já mais vezes alguns poemas foram citados em vários blogues, mas só muito a posteriori tive esse conhecimento...) agradeço. Espero continuar na mesma senda, sem enveredar por partidarites ou clubites, mas pondo o dedo em certas feridas que são comuns a todo o território nacional, muito embora atinjam patamares mais deselegantes (para não dizer patológicos) em certos locais e através de certas personagens.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home