rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, agosto 12, 2008

Carta Aberta ao Dr Alberto João Jardim

Exmº Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira:


Os meus respeitosos cumprimentos.

Creia-me um atento observador do que se passa nesse arquipélago. Tenho pela Madeira uma atenção e um carinho especial. Quem diz Madeira refere-se ao seu povo, às suas gentes. Mas também aos que governam e decidem os destinos das gentes. Como é óbvio, V. Excelência com o seu comportamento, as suas diatribes, os seus desgostos e seus arrebatamentos gongóricos, é pano para mangas. Mangas clínicas, neste caso concreto.

Disse V. Excelência que o Parlamamento Regional era um «bando de loucos»! Ora, creio que o disse por que o sentiu e não por mera birra achincalhante ou qualquer atrabiliária toleima em que alguns políticos de má catadura são pródigos. V. Excelência é responsável pelos seus actos, é imputável, é rigoroso nas suas análises. Ora, se são loucos por que não um tratamento?

Seria útil começar pelos do seu partido, do PSD, que também estão englobados no rol. Talvez ainda mais loucos que os outros pois aceitaram de boamente o diagnóstico do seu líder, ao contrário dos outros, que o repudiaram com veemência!

Ora se no País já há uma escola para autistas, por que não um hospital psiquiátrico para deputados? Deputados loucos, como é óbvio.

Ora, como não creio que V. Excelência ande a dormir na forma, não é como alguns deputados que dormem a sono solto nas Assembleias Regionais, era bom que começasse a tratar do projecto.
Tão preocupado com a saúde pública creio que não deixará caír em saco roto este alvitre. Caso contrário será responsabilizado por omissão danosa. Pecado gravíssimo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home