quinta-feira, julho 16, 2009

Um libertador que não se libertou...


Bilhete de identidade do herói (in Pravda ilhéu)
Finalmente tombou a árvore generosa que na floresta libertária, sempre ergueu os braços contra as injustiças, as opressões, os arbítrios sem conta de um fascismo que a todos, de forma discreta ou camuflada, foi reprimindo...
Hermínio da Palma Inácio foi um romântico na plena acepção do termo. E levou esse romantismo às últimas consequências. Paz à sua alma.

3 comentários:

douro disse...

Como é que o amigo rouxinol encontrou este bilhete de identidade?
Boa!

rouxinol de Bernardim disse...

No blog Pravda ilhéu... tout court!

Maria Clarinda disse...

....paz!