rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, maio 29, 2009

Seja você o juiz!

Daqui da Madeira proclamo para que todos os cubanos do contenente possam ouvir que «os polvos unidos jamais serão comidos!»
O polvo da maledicência, da calúnia, do insulto permanente é o outro, o oposicionista!
É um despudor, uma obscenidade, uma luxúria insultuosa permanente... e os padres sabem disso e votam em mim!





Se conheço o rouxinol de Bernardim? Ele é mais conhecido que o papa, tem a tentação do peixe! no restaurante que frequenta (o Pinhal) só come polvo! é um maníaco! Depois, tem a mania de devassar as instituições, é um devasso! suponho que é perigoso pois deve ser o anti-cristo do seculo XXI! É melhor interná-lo senão dá cabo da própria democracia orgânica que tanto nos tem dado e continuará a dar no futuro! Aquela obsessão pelo polvo grelhado é algo de patológico, de doentio, de viciante mesmo, coitado, tenho pena dele... e dos polvos que vai devorando com apetite insaciável, pá! vou falar com o palermossáurio e ... era uma vez um rouxinol...

Este Madoff precisava era de uma jaula imunda para vegetar todo o resto da vida, depois de ter fornicado a boa fé de milhões de cidadãos, depois de ter violentado e desflorado a confiança de tantos ingénuos que nele depositaram as suas poupanças defraudando expectativas, levando à ruina países, instituições, de forma venal, corrupta, obscena no vero sentido da palavra! Castrado era pouco!





Eu, Madoff, não sou como essas mulheres que se expoem aos olhos do homem para lhe atiçar o instinto, para o levar para a tentação da carne, para o condenar ao pecado; eu, não, eu sou contra a venalidade, contra o despudor, contra a obscenidade dessas mulheres que julgam ser símbolos de estética e de erotismo mas são de facto a degradação mais baixa e aviltante no ser humano ! O inferno para elas...


Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home