rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, maio 29, 2009

O milagre que ninguém conhece!

Este blog além da missão pedagógica tem também uma vertente supletiva. Ou seja, procura suprir lacunas de outras entidades ou instituições. A Bíblia é omissa em muitas coisas. Não fala na vida de Jesus durante um grande lapso de tempo.

Consta que andou a treinar na Índia para ser um pastor espiritual «comme il faut» e não um mero medigo. Teve mestres cultos e evoluídos pois o saber não nasce por geração espontânea.
Contudo, a mendicância foi a tónica dominante durante a sua passagem pela terra. Os apóstolos eram mendigos cultos, que viviam da caridade dos crentes. É sabido que quando a fome apertava, havia o recurso a «milagres». Alguns dizem que Cristo, o menino Jesus adulto, fazia uma espécie de efeitos especiais tal com um David Copperfiel. Opiniões que se respeitam mas não temos como contestar ou aplaudir. Faço, como Cavaco Silva: cumpre-me o dever de «reserva»...

Contudo há um milagre que nunca foi mencionado na Bíblia e importa referir para não defraudar os crentes.

Cristo caminhava há dias sem comer pelas margens do Jordão com os seus apóstolos. A fome apertava e só tinham algumas moedas que não davam para nada. A crise fazia-se sentir. Judas pediu:
_-Mestre faz um milagre, estou cheio de fome.

_Não posso abusar de milagres__ replicou o Mestre Divino__ já fui censurado pelo Pai que não quer que eu ostente sinais exteriores de riqueza. Acresce o facto de poder ser considerado concorrência desleal! Não se pode fazer milagres todos os dias! Seria mau para os pobres miseráveis que é a camada que mais nos deve servir de base de apoio. Dá mau nome à «seita do Nazareno»...

__Então que fazemos para matar a fome?
_Pedro__ disse Jesus__ trouxeste a saca das sandes?
_Meu Bom Jesus__ replicou em ar de súplica veemente, Pedro__ há ali uma estalagem que tem uns frangos maravilhosos. Por que não ir lá? É a «Churrasqueira do Jordão»!
Jesus acedeu desta vez. Também era uma forma de arranjar clientela na classe média, o dono da estalagem poderia ser um chamariz para angariar potenciais futuros clientes/crentes....


Há que referir que o estalajadeiro roubou-os. Pediram seis frangos e só apareceram seis coxas embora fossem servidas doze asas. O Divino Mestre interpelou-o:

_ Então como é, as coxas desapareceram? __inquiriu.

Resposta do estalajadeiro:

_Cá na nossa terra esta raça de frangos só tem uma pata! _explicou ele com ar de rara eloquência.

O Mestre não acreditou. Pediu para ir ver os frangos.

A esposa tinha ido ao galinheiro pôr os frangos com a pata encolhida. Era de noite e conseguiu o milagre. Mas o Divino Mestre bateu duas palmadas e... os frangos acordaram e mostraram as duas patas!

Resposta pronta do estalajadeiro:

__Mestre, milagres não vale!!!

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home