quarta-feira, maio 13, 2009

O lambebotismo continua!...

Sr Pinto de Sousa, venha, recebê-lo-ei de braços abertos!

Chamem-me louco se alguma vez receber de braços abertos o Sr Pinto de Sousa!
Tal como outrora, todos baixam as calças à minha chegada!
Pobres portugueses, sempre de cócoras perante o poder!



Cesse de Salazar o culto cego
Cesse da repressão o panegírico
Prefiro cultuar Deus, eu não nego,
O culto à Liberdade também prego...
Chamar-me-ão de tudo, até lírico,
Mas prefiro o vigor viril, satírico,
A um lambebotismo sem perdão
Ao vil «botas» de Santa Comba Dão!

O Dr Papadas levou anos a formar-se, conseguiu evitar ir à guerra, tinha um tio muito influente na PIDE/DGS. Quando foi à África do Sul no tempo do «apartheid» teve um episódio muito vergonhoso na alfândega... A NÃO PERDER!

5 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Pobre sim, português é um facto, de cócoras só no meu WC!

Carla disse...

gostei de ler
beijos

Maria João disse...

Levanta-te nobre povo, porque já chega de humilhação!
Levanta-te mesmo que tenhas de segurar alguma coisa para que a vergonha te não atinja!


Um abraço

Rabisco disse...

Fantástico...
Assim como este último comentário da Maria João!

=)

Conseguir fazer rir no meio de tanta tragédia, para ti, parece ser uma arte...

=)

rouxinol de Bernardim disse...

Caros amigos:

Tristezas não pagam dívidas. Mas em tempo de crise, ao menos saibamos pegar no chicote da sátira e vergastar o lombo dos que nos oprimem... e mordem...