rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, maio 26, 2009

Ai Jesus, que murro levei eu!!!

É ele! Rouxinol é o melhor preparador físico e psicológico que algum treinador pode desejar! contratem-no já! ele é um campeão e motiva os campeões!


O rouxinol à nascença, um «messias in ovo»...




Mal me levantei entrei no carro e fui surpreendido com um cartaz que dizia assim : «rouxinol de Bernardim à Presidência!»


Fiquei estupefacto!, devia ser maroteira do Quim Veado, esse bêbado incorrigível! eu, a presidente da junta, nem pensar!


O certo é que havia vários cartazes. Mas enquanto ia percorrendo a estrada, verifiquei que noutras freguesias o mesmo cartaz estava exposto com exuberância!!! Era demais para a minha modéstia...

Seria candidatura à presidência da câmara?

Mais perplexo fiquei quando no concelho vizinho, o cartaz ainda era maior!!! E pude ler, então, para grande espanto meu, que era candidato a PR!!!! Eu, rouxinol de Bernardim, candidato a Presidente da República!!! Uf!!!


Não podia ser, era impossível, eu, um Zé Ninguém, a quem o presidente da câmara chamava pejorativa e de forma gozona o «cão de guarda da democracia!» Não, era demais para o meu pobre e amarrotado ego mais parecendo o chapéu de um pobre... Estaria a sonhar? Seria alucinação fruto da «angústia do fim de mês»?


Não era, não. Parei o carro junto à praia das Caxinas e fui dar uma volta pela areia para aliviar o espírito. Apareceu-me então um jovem, talvez de 14 ou 15 anos, uma espécie de Fábio Coentrão em ponto pequeno. Foi-me acompanhando e dando os parabéns!!!


_Ai, aquela sua entrevista à Judite de Sousa foi brilhante! __ atalhava ele perante o meu ar de incredulidade...__ela perguntou-lhe se achava que a sua maneira de vestir era compatível com a de um PR, e você, com um sorriso nos lábios, ironia pura, respondeu-lhe: «Oh Judite eu estou farto de ver vigários bem vestidos e com o sorriso nos lábios... olhe o sorriso e o trajar do Valentim e compare-o com o dos sócios do Boavista! olhe o sorriso e o modo elegante de vestir do Vale e Azevedo e veja os reflexos na situação do Benfica, olhe para o Madoff, para o Dias Loureiro, verá que todos primam pelo sorriso pronto e feliz e vestem do que há de melhor...»


Olhe que hoje o país inteiro já veste à rouxinol de Bernardim, simples, descontraído, sem peneiras... Você é um paradigma da moda, da elegância intelectual até... é um orgulho para todos nós, pode crer, jovens e velhos todos admiram a sua postura simples, humana, descontraída... até Barack Obama disse numa entrevista que você era o político europeu com quem melhor se identificava. O Papa disse que nem sempre concordava consigo, mas via em si um farol de moralidade pura muito intenso! (palavras textuais publicadas no Osservatore Romano).


__Mas eu fui entrevistado na TV?__Perguntei com ar de boi a contemplar um palácio...


__Tantas vezes, carago!__retrucou o «menino», com vivacidade. E a Manuela Moura Guedes até ficou verde com as suas respostas! Insinuou que você era um pé rapado, um pé descalço... e você atirou-lhe com esta:«sim, sou isso tudo, mas também sou o pé de meia moral da nação e é com esse pé de meia que quero levantar a credibilidade do país, moralizar a vida pública, dignificar as contas e prestigiar o país externamente, é com esse pé de meia moral que quero atenuar as desigualdades, corrigir as injustiças, dar um ar mais democratico à justiça, à educação, quero enfim, ser o pé de meia moral de Portugal!»



Ela perguntou se queria ser o Robin dos Bosques português e você atirou-lhe certeiramente: «Até temos as mesmas iniciais:R. e B.!»


O país riu a bandeiras despregadas com o ar sério, convicto, arrasador, da sua postura perante as câmaras.Foi um sucesso. O DN titutalva na primeira página :«Rouxinol 5 Manuela 0»! O SOL titulou assim: «Surgiu um novo SOL no horizonte de Portugal!» O próprio JN, sempre procurando esconder as suas potencialidades (a mando do «outro», o tal que teme o seu protagonismo...), escreveu assim: «Finalmente, um homem do Norte pôs o Sul em sentido!»


__Será possível?__inquiri eu, parecendo não acreditar muito. Ele então tirou-me todas as dúvidas. __O próprio Mário Crespo ficou atolado no ridículo. Disse que você não tinha perfil, coragem, estofo. Então você lançou-lhe um desafio. Ambos foram fazer flexões em directo perante as câmaras. Você fez trinta em trinta segundos, e ele, nem à meia dúzia chegou. Terminou o programa levantando-lhe o braço e dizendo-se rendido. Nunca na minha vida apanhei tanto em tão pouco tempo, atiro a toalha ao chão, você é um campeão, consigo não quero nada!»


Então, já começava eu a acreditar, quando... olhei para o lado... e não vi o menino. Seria alucinação?!


Reparei que nem sequer havia as pegadas dele no chão!!! Seria o próprio Menino Jesus?


Chamei o Seu nome alto e bom som: __Jesus, Jesus, Jesus!!!


Levei um soco tremendo no estômago! Era minha esposa, que acordara:


__Agora sonhas com o treinador do Braga (o Jorge Jesus)? Dantes sonhavas com a Pamela, a das Marés Vivas, estás a ficar velho, rouxinol! Preferia que sonhasses com a Pamela Anderson!

Marcadores: ,

2 Comments:

Blogger Táxi Pluvioso said...

O Jorge Jesus dará muito boas conferências de imprensa, o melhor do futebol para que não aprecia homens em calções.

Mas uma boa notícia segundo o Correio da Manhã: Ronaldo engatou duas esta semana, parabéns, o nosso menino de oiro faz tudo para fugir à sua orientação sexual verdadeira, e nos orgulhar.

1:06 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Taxi:

Não posso comentar tais disparates...

2:46 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home