rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, maio 29, 2009

Mussulo, 1971 - Angola

Povoei os sonhos e as noites de insónia de tantos militares em África. Brigitte, a BB, como me tratavam, merecia uma estátua...


Esta foto do Mussulo é recente. Nada tem a ver com o poema que data de 1971...









O «pecado mora ao lado»

Diz uma velha canção

Oh meu Deus, será pecado,

Ver teu rosto acetinado

No meu campo de visão?







Sentir teu raro perfume

Esse toque de cetim

Esses lábios cor de lume

Não posso ficar imune

Ao teu seio... a rir pra mim!







Mesmo sem tocar, eu sei,

Que chamam por mim teus seios

Tão puros, ouro de lei,

Por isso sempre estarei

Aos teus pés, sem ter rodeios...









E... se de Angola partir

O Mussulo ficará

Como um sol sempre a sorrir

Saudades irei sentir

Desses lábios... qual maná!



Angola Abril de 1971






Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home