sexta-feira, março 13, 2009

À Nossa Barbie...

A nossa Barbie tem estilo, classe, distinção. É digna de exportação!


Na ternura dos setenta
ela esbanja um erotismo
de barbie, com seu chiquismo
sua figura opulenta
faz palpitar corações
é só charme e simpatia
atrai, apesar de tia
o olhar de alguns trintões
seu glamour balzaqueano
é só classe e distinção
tem firmeza e erecção,
no seu olhar puritano
se vislumbra fidalguia
derrama sensualidade
uma vamp, na verdade
vinho do Porto, eu diria,
vintage... mas de eleição
um néctar tão divinal
com sabor a Portugal
sabor a mel... a paixão!
NOTA FINAL: E por que não uma marca de Porto com o seu nome?
Lili Caneças Oporto Wine?
Se já se fez do Manoel de Oliveira, será que as mulheres não têm direito à igualdade?!
Ou então, já que se anda à procura de um Provedor de Justiça consensual, por que não uma Provedora?

8 comentários:

Camille Stein disse...

tienes razón, la poesía no conoce fronteras ni patrias... ni nunca las conocerá :)

un placer conocerte...

y muchas gracias


saludos

mariviva disse...

que lindinha sua visita em meu blog
obrigada!
gostei bastante do seu, passarei sempre que puder!
um abraço, boa semana
:D

rouxinol de Bernardim disse...

olá Camille Stein:

A poesia, a música, o amor são peças do mesmo puzzle. Um beijo.

rouxinol de Bernardim disse...

Olá mariviva:

Que gostosa a sua presença nesta janela poética e aberta ao mundo!

Seja bem-vinda e bom fim de semana!

Anônimo disse...

E é de Vila do Conde...Da minha costela do Porto!Gosto muito das gentes do Norte.
Embora lisboeta,tenho a paixão do Norte.Toda a família da minha Mãe
é de lá. A do meu Pai é da Madeira.
Bem vindo ao meu cantinho.
Obrigada pelas suas palavras.
Abraço de Lisboa...
isa.

gaivota disse...

muito intensa esta barbie, conforme a descreves...
é uma senhora, com grande cultura e sabe estar!
e o Oporto wine ficava bem com destaque de lili caneças... concordo!
beijinhos

rouxinol de Bernardim disse...

Isa:

Foi um gosto tê-la neste cantinho modesto mas cheio de hospitalidade!

rouxinol de Bernardim disse...

olá Gaivota:

Qualquer dia ainda vamos ter o primeiro ministro a levar esta nossa barbie em vez dos computadores Magalhães... lá para as cimeiras politico-comerciais...

Ao menos ela é intemporal!