rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, dezembro 18, 2008

Quem mais ordena, ó cidade?!


Não sei como será a Póvoa, vista do centro da terra, mas vista do alto, é soberba, nem parece esburacado o paredão!... Tem alma!
Póvoa do Mar, que nobreza!
Sol e mar te abençoando!
És rainha de beleza
Portugal enamorando...
Tostada pelo sol doirado
Embalada pelo vento
Orgulhosa do passado
Tens Eça no pensamento.
Berço de lobos do mar
Por ti o tempo não passa
Calafate... anda no ar,
Em ti, vejo o... Santos Graça!...
O teu passado é presente
Teu futuro, a juventude
E... cada emigrante sente
Teu pulsar em plenitude.
Teu povo quer liberdade
E detesta a tirania...
Quem mais ordena, ó cidade?!
É o povo, em Democracia!...

2 Comments:

Blogger heretico said...

excelente poema.parabéns
abraço

11:29 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Olá heretico:

Ainda bem que gostou. Já tive «reclamações» por via e-mail...

Nem Cristo agradou a todos...

9:22 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home