sexta-feira, dezembro 26, 2008

Vila do Conde : Caravela Juventude!

Vila do Conde linda caravela
No cais da Boa Esperança, engalanada;
S. João, timoneiro, cuida dela
Nunca a deixa sozinha, abandonada.




Juventude também é caravela
Em vias de enfrentar o mar da vida;
Temos que a apetrechar, cuidar bem dela,
P'ra levar o mar sempre de vencida...



Mar de rosas não é este mar-cão
Que à morte nos conduz sem remissão;
Este mar tormentoso... nos fascina!


Enfrentá-lo com garra e convicção
Humana condição, humana sina,
Da gente que na terra peregrina...

4 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
belo poema,
a lei da vida,
,
abraço,
,
*

Mário Margaride disse...

Obrigado, pela visita, e pelo comentário

Parabéns! Pelo belo poema.

Desejo que este ano novo que está à porta, seja muito mais colorido do que este que agora termina.

Para ti, e para todos os que te são mais queridos, um excelente 2009!

Abraço de amizade.

Mário

rouxinol de Bernardim disse...

ao poetaeusou:

Bem vindo a este cantinho!

rouxinol de Bernardim disse...

Olá Mário Matrgaride!

Retribuo os votos formulados!

Cmpts.