rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, junho 16, 2008

A Era Fernando Pessoa começou há 120 anos...



Vem ver agora o meu país que já
não tem Camões nem Índias para achar
só tem Pessoa e o império que não há
sentado à mesa como em alto mar.



A viagem que faz é só por dentro
e escreviver-se a única aventura.
No pensamento é que lhe dá o vento
ele é sozinho uma literatura.


Eis a vida vidinha cega e surda
ditadura do não só do pouco.
Ser homem (diz Pessoa) é ser-se louco.


Heteronimismo de si na hora absurda
viajando no sentir escreve sentado.
E é Pessoa: "futuro do passado".


Nota: Homenagem de Manuel Alegre ao poeta dos heterónimos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home