rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, junho 01, 2008

A SENHORA DA HORA!


«Eu, a Senhora da Hora?! Por amor de Deus, rouxinol, eu espero ser a Senhora da Década, não sou um foguete entontecido como foi o Dr Menezes ou um cometa cor-de-rosa como foi aqui o D. Juan, Santana
Minha Senhora da Hora
Perdei comigo um minuto:
Há que agir já, sem demora,
Pois o tempo é diminuto!
Há cicatrizes demais
Bem difíceis de curar
Democratas-sociais,
Párem de se guerrear!
Uns, são arqui-elitistas,
Ou delfins do baronato,
Outros, são rascas basistas
Sem nível para o... estrelato!
Minha Senhora da Hora
As hostes terá de unir!
Quando a anarquia vigora
Tudo começa a ruír!...
Não pertenço a essa guerra,
Tenho uma visão mais sã:
Há que pôr os pés na terra...
Ou ela... vos cobrirá!...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home