rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, julho 13, 2007

"CANCROS" DA DEMOCRACIA


O PR não está satisfeito com a "qualidade da democracia". Usou apenas um eufemismo.
Isto, em certos domínios, está uma CHOLDRA!!!
Há dias o prof Cavaco Silva alertava __ na sua função pedagógica e magistratura de influência...__ para certas anomalias que dão uma imagem degradante e afectam iniludivelmente a "qualidade da democracia".
Ora, o regular funcionamento das instituições pressupõe "qualidade", muito embora saibamos que a perfeição é uma utopia. Erros, vícios, entorses e desvios haverá sempre, basta saber-se que o factor humano está subjacente à "praxis" democrática. Ora, bem sabemos também que o homem é frágil, está sujeito a tentações, a erros, a prepotências e abusos, bem assim como a favoritismos e proteccionismos descabidos.
É chocante constatar o que foi feito por Juntas Médicas a professores com cancro em estado avançado, sendo coagidos a regressar ao local de trabalho, com custos pessoais e humanos muito elevados, em condições penosas, quiçá degradantes.
É sabido que se conhecem casos de pessoas reformadas por invalidez ostentando ainda sinais exteriores de saúde muito bons, dinamismo a rodos, enfim, há casos de bradar aos céus!
Agora, pelo contrário, talvez fruto de um economicismo e zelo levados ao extremo, assistimos ao reverso da medalha. A desumanidade mais flagrante, a estultícia mais crassa, a pesporrência mais abominável, dir-se-ia até, casos de "irregular funcionamento das instituições"...
Quando quem deveria apertar o cinto não o faz como era normal que acontecesse, quando a ostentação e o luxo sumptuário são visíveis nas frotas automóveis de certas criaturas do Estado, vivendo como "marajás" (sabe-se lá à custa de quê...), confrange-nos, revolta-nos e leva-nos à indignação estas situações aberrantes!
Quando vemos a justiça soltar alegados traficantes que deram muito trabalho à PJ, por questões fúteis, e, pelo contrário, assistimos a serem levados a juízo cidadãos exemplares só por quererem exercer com dignidade o seu papel fiscalizador, por, no exercício do seu múnus usarem termos adequados aos escândalos que vão presenciando, há que dar razão ao professor Cavaco Silva e pedir mais intervenção, mais vigilância sobre alguns "lobos" que querem abocanhar o redil democrático!
Democracia de qualidade, precisa-se, de facto.
Racionalidade económica sim, contenção de custos supérfluos e sumptuários muito bem, agora grotesco economicismo e degradante humilhação de cidadãos com doenças terminais que deram uma vida inteira de contribuição para a segurança social, isso jamais!
Que este país entre nos eixos, é o desiderato de todos aqueles que querem viver numa autêntica democracia, num regime de igualdade de oportunidades, e não, como em muitos locais se assiste, a um regabofe pegado para uma minoria de privilegiados que à sombra do poder vão engordando e sugando o que deveria ser distribuído com equidade e justiça, por todos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home