rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, junho 03, 2009

O seleccionador vero!












Meu Deus, Mamma Mia! com este naipe de deputadas ao Parlamento Europeu a Itália vai para o primeiro lugar no ranking! Esta, oferece garantias de qualidade e como se pode ver não tem rabos de palha; as «Três Magníficas» ostentam o garbo e o talento inato da pureza italiana patenteando um olhar atento à realidade circundante onde o verde impera e transmite um ar de satisfação inigualável; esta outra, sobre as ondas, mostra que não há coliformes fecais ou outros putrefactos ingredientes nas nossas águas o que patenteia o grau de eficácia no tratamento de efluentes e a racional política de preservação do ecossistema em ordem à satisfação plena de todos os requisitos que definem um país na linha da frente neste domínio! Mulheres bonitas e ecologia, são a pureza emocional e o meio ambiente de mãos dadas, numa conjugação perfeita, num orgasmo telúrico por excelência!!!
Enfim, acima temos as suplentes neste plantel de luxo que vai sufocar o parlamento europeu!
Viva Itália!!! Cesar Berlusconi agita as águas do sucesso!



Marcadores:

4 Comments:

Blogger Laura said...

Mama mia, sim, se fossem uns belos traseiros de lindos rapazes, mas, para as miués, mama mia...xi...Passei, deixei lá uma poesia, ia colar aqui, mas, nem tem nada a ver, assim, está no resteas para ver...tudo devido á palavra incandescente, enfim, sobre a minha morte...Amei Angola, Luanda, amei e continuarei a amar...Beijinhos da laura.

8:36 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Cara Laura:

A sua presença é sempre uma bênção, a sua poesia um bàlsamo, as suas palavras «UMA RÉSTEA DE SOL» na alma deste ignaro rouxinol...

6:47 PM  
Blogger Laura said...

Olá, um dia feliz e cheio de muitos iiii que fazem parte do rir...Obrigada por ir ler, podemos tratar-nos por tu, tenho 57... a poesia sobre Quando eu morrer, e pelo comentário..um dia destes, apareço por ai, adoro sentar perto do mar e falar com ele, porque; parte da minha vida foi vivida assim... a falar com quem me entendesse porque os humanos nãos abiam acompanhar o meu rol de quereres e saberes, e nem valia a pena ouvir tanats respostas erradas e assim; ele respondia-me no seu canto de dentro..porque eus ei ler o que as almas sentem...
Um beijinho da laura..

Sei ler
O que as almas sentem
No seu acalanto de dor
E sem lhes poder valer
Peço apenas ao Criador
Que lhes estenda a Mão
E os possa abençoar
Para as suas dores
Mitigar!...

Um ji, da, laura.

7:28 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Você está inspirada, Laura.
Será que bebeu água da fonte de Parnaso?!

Na Grécia antiga, dizia-se, quem bebesse dela ficava Poeta para sempre!

6:47 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home