rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Injustamente no olvido...

Eu penso, logo existo! E insisto nisto: para se ganhar eleições é preciso muito folclore mediático, muita frequência nos púlpitos jornalísticos, muita assiduidade na RTP-N, na SIC, na TVI, na TV I e II, no JN, no DN, no Público, na BOLA, no JOGO, no RECORD e até ... no Cavaleiro da Imaculada... só assim consegui chegar onde cheguei. Tu, rouxinol, vê lá onde chegaste, não tens categoria nem para me desapertar os cordões dos sapatos!...

Este disserta sobre um tema palpitante: «Como desmantelar o Estado em sessenta dias »! O outro, o «ponto», sussura-lhe ao ouvido: __Se ganhar a câmara de Lisboa, vou seguir as tuas pisadas e jamais serei destronado!»


Vestindo o trajo de gala para dissertar sobre o tema:«A baixa craveira mental dos nossos políticos, a causa-mor da nossa derrocada!» , uma autocrítica brilhante, um sentido de humor e uma profunda capacidade introspectiva que definem um político autêntico!

Este, rogando a Deus a oportunidade para lá ir, a esse excelso areópago de Gaia, onde a Verdade emerge qual água pura da fonte de Parnaso!!!

A seu lado, a mui fogosa e sempre crente Carla Bruni, também ela admiradora desse Forum e orando também a Deus no mesmo sentido...








Votado a um ostracismo inexplicável, este Forum de Gaia, dedicado à exploração cognitiva, merece ser relevado. Sempre estive ao lado dos perseguidos e marginalizados, dos deserdados da fortuna, por isso, é justo enaltecer o papel incontornável do Clube dos Pensadores.



Pensa, logo existe, logo não deve ser olvidado. Os poderes vigentes olham de soslaio para este paradigmático Forum que procura através do esforço árduo e persistente dos seus pensadores atingir um patamar cognitivo capaz de colocar Portugal no Podium mundial. Cavaco Silva ainda não foi convidado a lá ir dissertar. É pena, pois o país aguarda com ansiedade a sua oração de sapiência num contexto de crise geral em que só os predestinados têm a palavra certa e a solução credível ao alcance da mão. Talvez disserte sobre : «A crise e a necessidade de um injector de optimismo». Ou então:« A urgência na aquisição de um extintor de pessimismo!»


Mas ainda não está prevista a data da sua presença. Gaia saberá recebê-lo com a devida pompa e circunstância nesse dia maravilhoso!


Jardim, essa luminária da Pérola do Atlântico, já lá foi, e derramou toda a sublime veia oratória deixando extasiadas aquelas criaturas ofuscadas com tanta sabedoria, obnubiladas pelo fulgor da sua verbe onde nunca será demais exaltar a profundidade do pensamento, a originalidade e afã profético da sua catilinária sempre oportuna e carregada de bom senso.


Luís Filipe Menezes também já deixou plasmados os parâmetros do seu nobre pensar, as traves mestras da sua estatura mental, os alicerces psicológicos da sua esmerada formação cívica e do seu élan anímico.


O país, sobranceiro e arrogante, não divulga como deveria esta cruzada de bem pensar, que, se levada à prática pelos obtusos detentores do poder, já teria retirado o país do lodaçal em que se encontra. Por que não condecorar estes seres altruístas e devotados à causa pública?!


A sugestão aqui fica. A quem de direito incumbe levá-la à prática.


A minha homenagem-condecoração aqui vai:







Neste reino de impostores,

Ditosa pátria, criaste

Guerreiros, santos, pintores

Ainda não condecoraste,

O «Clube dos Pensadores»?!






Este alfobre genial

De luminárias falantes

Em Gaia, no pedestal,

Constelações cintilantes

Sempre a «Pensar Portugal»!






E, Portugal arrogante,

Não ouve suas lições...

Do topo 'inda mais distante

Não escuta os seus sermões,

Sua odisseia pensante!





Portugal dos pequeninos,

Não pensas, já não existes,

A rebate tocam sinos

Prenúncio de coisas tristes

Impérios luciferinos!





Portugal, escuta lá

Os ínclitos pensadores...

Gente boa, gente sã,

Da Verdade uns Provedores

Pedras Vivas... ou... Maná!





Urbi et orbi vão falando,

Do Saber, progenitores,

O mundo inteiro espantando

O «Clube dos Pensadores»

Vírus do Mal... expurgando!...





Me curvo a tais sumidades

Com respeito e devoção

São o «toque das Trindades»

Chamando o povo à Razão

São o Clarim das Verdades!!!

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home