domingo, fevereiro 22, 2009

A Grande porcalhada


A PORCA CONSELHEIRA...
Do Estado é bom conselheiro
Conselhos a eito dá
Ganha rios de dinheiro
Na banca tem um maná!
Sofre de amnésia, às vezes,
Mentir, não mente, jamais!
Ama tanto os portugueses
Alguns dizem que é demais!
Vive que nem marajá
Dizem que é podre de rico
Alguns podres guardará
Das idas... a Porto Rico!
Seguro de vida tem
Da morte assim se resguarda
No palácio de Belém
Tem um bom anjo da guarda...
Burros somos todos nós
Quem nesta vara acredita...
Sofremos a crise atrós
Passamos por «maus da fita»!...

4 comentários:

Alma Nua disse...

...relaxa que hoje é carnaval,
meu lindo rouxinol!

relaxa...apenas por hoje.
relaxa.

obrigada pelos carinhos
lá em casa...

bjussss

Rafeiro Perfumado disse...

Eles ao menos nunca andam mascarados, nós é que parecemos não querer ver a farsa. Abraço!

Avassaladora disse...

Que lindo vc!
Uma surpresa boa, nesse mundo virtual!
Adorei sua visita!

Beijo avassalador!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Obrigada pela sua visita.Que belo poema você nos colocou.
Desejo a você uma ótima e iluminada semana.