rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, fevereiro 23, 2008

Camélias em flor! Um mundo!




Exposição de Camélias na quinta de Vilar de Matos em Junqueira Vila do Conde.
Neste cantinho do céu, uma paisagem luxuriante onde a linguagem das camélias nos convida ao diálogo fecundo, pode ver-se uma das maiores colecções de camélias (mais de 1400 variedades) do mundo. Local muito visitado (até por TV's nipónicas) é um ex-libris da Junqueira.
O seu proprietário, Paulino Curval é a sabedoria em pessoa. Já na casa dos setenta, ele ostenta um fulgor e uma vivacidade ímpares. Fala com estes seres vivos maravilhosos a quem dedica uma afeição sem limites. A paixão pela natureza no seu grau mais elevado, a orgia de um verde que se casa magnificamente com o azul cobalto do céu, fazem deste local paradisíaco uma das «maravilhas do planeta»!
A caminho do Guiness (tal a diversidade e quantidade de exemplares) é um orgulho para todos nós que amamos a natureza e cultivamos o ambiente. Enfim, só visto!
CAMÉLIAS EM FLOR!
Tantas camélias em flor
Um sortilégio, Deus meu,
Um hino à Paz, ao Amor,
Réstea do céu, direi eu...
O sol abrindo os seus braços
Com ternura redobrada
Estende os seus raios-laços
Numa paixão acendrada.
Esta volúpia-natura
Às camélias dá mais viço
Junqueira, de alma tão pura
Terra-flor, terra-feitiço!
Camélias em flor serão
Nesta terra uma bandeira
No inverno «reinarão»
Nesta tão linda Junqueira!
Camélias são verde esp'rança
Neste mundo-crueldade...
São sementes de bonança
Quando impera a tempestade!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home