rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, janeiro 25, 2009

O caso Freeport...



Sou daqueles que entendem que todas as suspeitas de corrupção devem ser investigadas até às últimas consequências, até para salvaguarda da honra e bom nome de pessoas e instituições eventualmente envolvidas. Quando há silêncios e encobrimentos, isso é mau e pode indiciar fumo e fogo em simultâneo.

Agora veio a público José Sócrates confirmar contactos que anteriormente havia negado. Aparentes contradições que nada provam mas não deixam de causar surpresa.

Em dados colhidos no DN pode-se inferir que o tio materno do primeiro ministro teve um contacto informal com um tal Smith. Um sobrinho de Sócrates (filho desse tio) terá enviado um e-mail a solicitar uma espécie de tratamento preferencial alegando «favores»...

Situações aparentemente inócuas poderão ter consequências nefastas se se provar o nexo de causalidade entre as ditas conversas e os fluxos financeiros alegamente envolvidos.

O futuro irá esclarecer tudo, há que ter confiança na justiça.

O que não deixa de criar desconforto, e Mário Soares referiu-o com oportunidade, foi o apoio expresso de Sócrates a futuros casamentos Gay (entre homossexuais...); nada tenho contra as ditas criaturas, cuja existência é um facto, por muito que se discorde da sua filosofia de vida, mas não deixa de ser preocupante abordar esta questão fracturante e secundária, num contexto de crise grave e de problemas mais candentes . Será um ombro-a-ombro com Manuel Alegre, já iniciado, depois do apoio expresso do ex-candidato a PR? Será que este território, aparentemente pouco relevante, começa a ser disputado ?!

Há uma crise grave no horizonte. Tem contornos bem preocupantes e dada a debilidade da nossa economia (aberta e periférica, muito dependente do evoluír das economias ditas centralistas: Alemanha, França...) seria útil centrar esforços em coisas realmente importantes para todos nós.
Casos como o da Quimonda (no dealbar da falência, podendo lançar para o desemprego quase dois mil profissionais portugueses), com um honroso contributo para a nossa capacidade exportadora,são sinais preocupantes. Oxalá haja o bom senso de privilegiar o essencial subalternizando o acessório...

4 Comments:

Blogger Dimas Maio said...

Caro Rouxinol:

Espero que, já depois de ter mandado este trinado para o ar, há-de ter ouvido o Secretário de Estado do M. do Ambiente de então,ter declarado, sem margem para dúvidas, que o caso da Freeport, foi inteiramente da sua
responsabilide e tudo feito "nos
conformes" Foi há pouco na Sic.
informe-se e depois cante.
Por minha parte , vou colher mais elementos nos jornais de amanhá e
farei o que entender, já se vê, no meu insignificante,mas honesto e independete blog
O jornalista Costa é que deixou no ar insinuações torpes contra Sócrates.

abraço
do dimas

11:52 AM  
Blogger Dimas Maio said...

Os casamentos gays:
Quanto à legitimação oficial destas aberrações da natureza,está a ser um sinal de civilização, no mundo actual.

No meu tempo de menino e moço, essas relações,causavam arrepios a quem as constatava. No munde de hoje, isso é sinal de civilização.
Atente-se nos países que os adoptaram sem parcimónia. El(es)as
são tantos!...

12:22 PM  
Blogger Rafeiro Perfumado said...

O que chateia, caro amigo, é que se sabe como isto vai terminar: o primeiro caso perdido numa qualquer gaveta, o segundo levado a matéria de urgência nacional.

Abraço.

12:31 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Meus caros:

Tudo o que sei é que nada sei!...

Mas o certo é que «as fontes do processo» continuarão a jorrar, a jorrar, até não mais terminar...

É Franz Kafka no seu melhor. Penso que vale a pena fazer um poema...

9:20 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home