rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, janeiro 28, 2009

El País ataca Jardim!...




Navegando no «Mar da Prosperidade», enquanto o povo humilde e desamparado atravessa o «Mar das Tormentas»...





O jornal espanhol El País ataca Alberto João Jardim e atreve-se a dizer aquilo que todos sabemos mas que nem todos dizem. Com um conhecimento de causa profundo, El País (citado no PUBLICO) vai ao cerne da questão e coloca a igreja católica como um dos pilares do regime.

O Jornal da Madeira (com o preço simbólico de 10 cêntimos) com a sua carga apologética e panegírica é também apontado como turibulário do regime que herdou do fascismo os tiques totalitários e as toleimas congénitas.

Vale a pena ler este diário pois mais não faz do que retratar de forma sublime o que tem sido glosado neste blogue até à exaustão. Cita uma fonte que assevera nem o Papa ser capaz de derrotar este invencível leão das urnas...

Só espero que El País não vá sofrer o que eu já sofri: calúnias imbecis, ameaças de morte, insultos soezes, ataques do mais baixo jaez proferidos numa blogosfera imunda que mais parece uma cloaca fétida...

Já tive que recorrer ao Procurador Geral da República, aos tribunais, à PJ...

2 Comments:

Blogger Manuel CD Figueiredo said...

O lambaio Crespo devia sentir vergonha...por nos envergonhar.
Umas boas bengaladas (as de agora)seria boicotá-lo sempre que aparecesse com aquele ar de jornalista sério, a fingir que entrevista!
Os espanhois do "El País" deram-lhe palha para ele rever a matéria...Vá à Madeira, ver se chove!

9:54 AM  
Blogger .: Phoenix :. said...

Que absurdo!!!

Mas tirando esse fato... estou voltando de viagem e quero agradecer tua mensagem carinhosa.
Obrigada amigo.
Beijos.

11:47 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home