rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, novembro 07, 2008

JÁ NÃO HÁ LODO NO CAIS!


Eis aqui o imortal Marlon Brando quando preenchia as noites da «nossa» Lili Caneças...


...SÓ HÁ LODO NO SISTEMA!!!


Um bando de palermas sem craveira
Gentalha acanalhada sem perfil
Autocratas pacóvios da Madeira
Mais parecem canídeos ... num canil.


Máfia boa, segundo o seu dizer,
Tem no padrinho asnático o pilar;
Maquiavel parolo faz-nos crer
Que é só dele o direito de insultar.


Pesporrência mais tola, mais venal,
Ó palermocracia sem pudor!
Caricatura vil, irracional,
Deste neofascismo corruptor...


Regime que entroniza a parvoice
Que endeusa a paranóia mais boçal
Careta putrefacta da tolice
Não é democracia__ é lodaçal!!!


==============

===========

=========

ADIVINHA DIFÍCIL


Quer voltar a «ser feliz»
A ideia, ninguém lha tira...
Vê na mulher ... a perdiz
Sempre debaixo de mira...


Tem do poder a concepção
Do mais sincero hedonismo,
É pra dar satisfação
Ao seu notório egoísmo!


Sua vaidade exorbita
O limiar do bom senso...
Narcisismos regurgita
Adora o cheiro... a incenso!...


O poder é uma obsessão
Pois sem ele nada é
Fora dele está no chão
Com ele... fica de pé!


Moeda fraca, volátil,
Que circula no sub-mundo
É computador portátil
Só «computa»... lá no fundo!...


Paga «estudos» sem ter jeito
E sem qualquer «precisão»
Sempre aos amigos do peito
Lá virá o seu quinhão!...



É perito a aliciar
Empreiteiros e donzelas
A eles... obras quer dar...
Apartamentos... a elas!...


Despesismo galopante
Deixa por onde passar
É gastador militante
E... só treta... no palrar!


Comprador de horas... e anos...
De plumitivos também
Virgem floresta de enganos
Arbustos patetas tem!...


E quem não adivinhar
Não é grande português
E jamais ouviu falar
Nesse... «túnel do Marquês!»



0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home