rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, abril 13, 2011

«Se soubesse o que sei hoje...»












Alguns dos sub-produtos de Abril... imagem de marca de um regime que criou déspotas, Midas, barões, gangsters...sanguessugas do erário público...
Abril, de tachistas mil...







Otelo mostra-se arrependido. Ao ver o que vê hoje, o país com dois milhões de pobres (a maioria da população a passar dificuldades ) e endividado para o futuro próximo, enquanto alguns dos sub-produtos de Abril vivem à grande, com patrimónios fabulosos, auferindo chorudos proventos sem grandes contrapartidas. Otelo diz-se triste com o que observa. O país entregue a meia dúzia de chico-espertos que navegam no mar da prosperidade, como disse o Épico no seu tempo...Diz-se arrependido de ter feito o «25 de Abril».VER AQUI.



NOTA FINAL: Não é derrotismo, não é saudosismo do passado, não é doentio desentanto. É consciência do crime que alguns cometem diariamente, enriquecendo e fazendo enriquecer meia dúzia de amigos que ganham todos os concursos, por baixo da mesa, sem regras, sem escrúpulos, sem medidas corretoras à vista. Quem denunciar isto, corre o risco de ser condenado em tribunal pois há lá gente capturada, capaz de silenciar verdades e santificar mentiras...










Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home