rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, novembro 18, 2007

LIBERDADE


Cividade de Terroso (Póvoa de Varzim)
Na civilização castreja para manter a liberdade os povos optavam por locais altaneiros.
Agora, para se manter a liberdade é preciso carácter altaneiro...
Como é falso o unanimismo
Tem no medo um cobertor
Às vezes, o carneirismo
Reflecte o... medo ao pastor...
Contra o vento e a maré
Há que manter sempre o norte
Ceder ao medo não é
Solução de quem é forte.
Oh! vento da liberdade
As asas ninguém te corta
Voa sempre co'a verdade
Ser livre é o que mais importa...
Não há machado que corte
A raiz à liberdade
Ser livre é manter um norte
Não ceder à indignidade.
Há sempre alguém que resiste
Há sempre alguém que diz não!
Mesmo isolado persiste
Em manter a convicção!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home