rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, agosto 10, 2009

Raúl Solnado




__Daqui te aviso rouxinol, tens dito tantas do Jardim que ou me engano muito ou vais atrás de mim... vontade a muita gente não falta!!!
Quando rir era pecado
Era chatice, uma porra...
O povo tinha o Solnado
Então, ria à tripa forra!
Quando era crime o sarcasmo
Podia até dar prisão
No país gerava pasmo
Era rir... até mais não!
Artista na plenitude
Fazia rir toda a gente
O riso dava saúde
Numa nação tão doente...
Os tiranos nunca gostam
De quem diz verdades, rindo,
Na estulta censura apostam
No ridículo caindo.
Solnado foi, mas ficou,
O humor, qual monumento;
O país que tanto amou
Chorou o seu passamento.
Humildemente eu choro
A alma cubro com véu
A Deus eu até imploro
Que o deixe actuar... no céu.
Que faça rir anjos, santos,
A Virgem e o Senhor...
Já chega de tantos prantos
O riso é... libertador!!!

Marcadores:

2 Comments:

Blogger Poetíssima said...

Obrigada pela visita!
Lindo blog!
Abraços!

8:35 AM  
Blogger Gata Verde said...

Até já Raul...não te esqueças de ser feliz!!

9:52 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home