rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, agosto 11, 2009

Carta aberta à Dra Ferreira Leite




Dra Manuela:
Como militante da democracia, sem qualquer ligação aos partidos, preocupa-me a penas o estado de saúde da própria democracia.
Pensei que V. Exa fosse uma injecção de moralidade, de cidadania, de coerência. Enganei-me, humildemente o confesso. Sócrates é mau, mas v. Exa, com o rasto que vai deixando, deixa vislumbrar a antecâmara da derrota iminente e o descalabro nas hostes sociais-democratas.
Sua credibilidade está, como diz a sabedoria popular, pior que o chapéu de um pobre!
Tem o apoio daqueles que a queriam ver apeada! Ou seja, V. Exa cedeu, fraquejou, caíu na tentação e mandou às malvas os princípios para se acomodar ao contexto que julgou mais cómodo. Os «casos» de Lisboa (inclusão nas listas de pessoas que NUNCA deveriam fazer parte delas...) e Leiria, sobretudo, são achas para uma interminável fogueira.
No day after, serão os que agora a aplaudem (Jardim e Menezes) os primeiros a pedirem a sua cabeça numa bandeja!
Valha-nos Deus e nossa Senhora do Amparo! A senhora vai saír pela porta pequena, sem pompa nem circunstância, enquanto que Sócrates, o mau da fita, aparecerá como o triunfador, o vitimizado, o «cristo crucificado»!
Não sou de meter a cabeça na areia, nem de esconder o que salta a olho nu, contudo...
Admito estar errado, enganar-me e estar a dramatizar. Oxalá esteja, e o país veja outro cenário...

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home