rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, março 30, 2007

PÓVOA DO MAR, ÉS TÃO BELA!




Cego do Maio, o lendário herói do mar poveiro, olhando com preocupação para os efeitos do..
aquecimento global!
PASSA POR MIM NA PRAÇA DO ALMADA!
À Póvoa tiro o chapéu!
Passa por mim no casino,
Bebemos um copo, um fino,
E vemos as bailarinas,
Aquilo é só coisas finas
Lindas mamocas ao léu!

Passa por mim no mercado
LOnde o trabaçhp é rei
Gente muito séria, eu sei,
Almas puras, cristalinas,
Onde as peixeiras ladinas
Apregoam o pescado!
Passa por mim no Varzim!
A multidão é vibrante
O jogo é emocionante
O golo... é sal, é pimenta,
O coração mal aguenta
Tanta luta e frenesim!
Passa por mim na Junqueira
O coração palpitante
Da Póvoa bem elegante,
Onde apetece comprar
Se estiver a abarrotar
De euros a nossa carteira...
E... na praça do Almada
Passa por mim e sorri...
Eça também o faz, vi,
Pois ele acha tanta graça
Ao "sinédrio" da trapaça
Onde há conversa afiada!...
Passa por mim na tourada
Onde um touro bem chifrudo
Contra todos, contra tudo,
Acusa de cobardia
E pouca democracia
Luta desequilibrada!
No Passeio Alegre passa
Por mim, também criatura...
Aquilo é só formosura!
Algum, arrastando a asa...
Encalhada... a ver se casa,
Ou se algum romance enlaça!
E... na avenida Mouzinho
Tão arborizada... outrora...
Só ladrões... vemos agora
Assaltos à mão armada,
É coisa vulgarizada
Mais parece um "inferninho"!...
Póvoa do Mar!... és tão bela!
Passa por mim lá no cais,
Ouve do mar os seus ais
Por isso fico infeliz
Quando ele chora e me diz
Que lhe lanças salmonelas!...
Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home