rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, março 14, 2007

O CIFRÃO E... A LIBERDADE!

O senhor avaliando a escrava...

Esta cena, da antiguidade, ainda se repete, hoje em dia...


Liberdade, liberdade,
Quantos morreram por ti?!
Alguns, com impunidade,
Querem-na só para si!


Há, mesmo em democracia,
Quem se tenha por seu dono...
O Povo dorme... eu diria:
Anda cheiinho de sono!...


Nesta feira da cidade
Compra-se tudo, com calma:
A alguns, a dignidade,
A outros, a própria alma!


Alguns olham o cifrão
Com devoção, sentimentos...
"Padrinho", na comunhão
E até... em casamentos!...


O cifrão está na moda...
Usa carro de "respeito",
Só frequenta a alta roda,
É livre, mas ao seu jeito...


O cifrão e a liberdade
Têm prismas bem desiguais:
Ela, quer mais igualdade
Ele, entende que... é demais!

Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home