rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, março 11, 2007

PEDRO E INÊS! Um para o outro Deus os fez!...


As pétalas da rosa chorando por ela...



Inês de Castro
(peça teatral)
Inês de Castro no mármore imortalizada
Esta grande portuguesa
Que viu a morte opressora
Paira acima da torpeza
Exala grande pureza
E foi musa inspiradora
De poetas afamados;
Sua paixão nos deixou
Os corações destroçados,
Carrascos desnaturados
A ignomínia os marcou!
Inês de Castro!, donzela,
Ao amor martirizada,
O povo chorou por ela,
Amante, princesa bela,
E... rainha entronizada!...
Cada algoz, o coração
Viu brutalmente arrancado;
À raiva o rei deu vazão
E, com sua própria mão
O ódio foi saciado!
O mundo guarda a memória
Da paixão com triste sorte...
Página negra da História,
Mas... o amor cantou vitória
Perdurando além da morte!
Rouxinol de Bernardim

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home