rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, março 24, 2007

AMAI A NATUREZA!

















Ao princípio era a pureza, a transparência totais...


Depois, surgiu a poluição, as salmonelas... e o preconceito, o "pecado"...

Deus, não tem preconceitos: Ele é o Caminho, a Verdade ("nua e crua") e a Vida!



Morena, morena

Dos olhos castanhos

Quem te deu, morena

Encantos tamanhos?



Encantos tamanhos

Não vi nunca assim

Morena, morena

Tem pena de mim



Morena, morena

Dos olhos rasgados

Teus olhos, morena

São os meus pecados



São os meus pecados

Um olhar assim

Morena, morena

Tem pena de mim



Morena, morena

Dos olhos galantes

Teus olhos, morena

São dois diamantes



São dois diamantes

Olhando-me assim

Morena, morena

Tem pena de mim



Morena, morena

Dos olhos morenos

O olhar desses olhos

Concede-me ao menos



Concede-me ao menos

Não sejas assim

Morena, morena

Tem pena de mim


Júlio Dinis


NOTA: Joaquim Guilherme Gomes Coelho, o nome do médico que deu alma ao pseudónimo Júlio Dinis. Retratou a vida rural com mestria. Os seus romances foram autênticos prosopoemas: A Morgadinha dos Canaviais, Os Fidalgos da Casa Mourisca. Embora um poeta menor, na simplicidade tinha o seu encanto e a sua singeleza.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home