rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, março 25, 2007

O FADO, O DESTINO, A VIDA...


Mariza esse expoente do Fado, que, tal como todos os nossos fadistas, nos faz sonhar!...
A guitarra, essa eterna "viúva" de Carlos Paredes, atinge o clímax...
És a voz cristalina
pura vela ardente
chama refulgente
alma diamantina
que acende o luar
a noite ilumina
e até nos ensina
a ter outro olhar
sobre a gente e o mundo
sobre o fado e a vida
página não lida
de um livro profundo
chamado destino
que fala de todos
surpresas a rodos
um poço sem fundo
um mar de emoções
com sabor a sal
um sonho real
rio de afeições
onde mergulhamos
p'rá alma lavar
sensações pescar
e quando voltamos
o fado-destino
entoa o seu hino
e nós constatamos
que a vida é um ai
um sonho que voa
um "ai que mal soa"
depressa se esvai...
JOTEME

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home