rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quinta-feira, maio 06, 2010

O dever de reserva...



Será que o «piloto» de Belém, vendo que a economia vai descolar, vai meter a viola no saco?








Em tempos, na Região Autónoma da Madeira, Cavaco Silva invocou o «dever de reserva» para não verberar aquela afronta feita pelo líder do governo regional à Assembleia Regional.



Agora vem dizer que não quer interferir na acção do governo ao fazer comentários sobre investimentos públicos. Depois de tecer duros comentários sobre eles.



Então o «dever de reserva» já não existe?



É óbvio que o candidato Cavaco Silva invocou o seu curriculum de economista, em campanha eleitoral. Agora, perante certos factos concretos, decidiu intervir na praça pública colocando-se ao lado de certa oposição que verbera os investimentos públicos (TGV, aeroporto...).



A razoabilidade da argumentação até se aceita. De facto, o peso da dívida pública é um handicap poderoso fazendo meditar os responsáveis.



Agora vieram a público previsões mais optimistas para a nossa economia. A primavera trouxe, com as flores, um certo ar de optimismo.



Cavaco encavacou-se e tentou dar o dito por não dito.



O que o mais elementar bom senso impõe é que se pergunte se, em vez de andar a fazer declarações públicas (com a carga de apoio objectivo a certa oposição, com evidente perda de isenção e de imparcialidade) não seria melhor ter feito estas declarações em particular ao próprio primeiro-ministro nas reuniões periódicas que mantém com ele?



O SENTIDO DE ESTADO está moribundo para as bandas de Belém?!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home