quinta-feira, maio 20, 2010

Afinal...


Este sol intenso obriga-me a usar este «preservativo» singular...
Não, não é homenagem ao Benfica. Eu sou considerado o «Papa Verde» por causa do meu empenhamento na causa ecológica. Logo, o «Papa Verde» com este encarnado na cabeça é para reforçar a minha adesão a Portugal. A bandeira verde-rubra sempre foi do meu agrado...
Por favor, não me chamem o «Papa-Melancia»!

3 comentários:

Maria Clarinda disse...

eh. eh gostei...Jhs

Isa GT disse...

Só falta a pena ;)

Estrella Altair disse...

Me he reido un rato....

hay cosas que en fin... casi mejor sin gobernantes de ningun tipo, ni del cielo ni de tierra.

Besos