terça-feira, março 29, 2011

Danos colaterais... e processo eleitoral em curso...

As agências de rating são como tentáculos de um polvo. Ao saberem da relativa instabilidade política em Portugal, já começaram a apertar a vítima, baixando as notações a cinco bancos portugueses (VER AQUI...) e asfixiando ainda mais a já débil economia nacional. A Europa está a ser vítima da táctica do salame. Agora é Portugal, depois seguir-se-á a Espanha, a França e outros mais. Se não houver mecanismos de defesa eficazes e rápidos o caos começa a alastrar esboroando-se paulatinamente aquilo que poderia ser uma economia poderosa e liderante. A recessão que se anunciava timidamente começa a ganhar foros de inevitabilidade. Será que a Europa ainda não se apercebeu que é ela própria que está em causa?! Tantos cràneos a ganhar principescamente, ainda não vislumbraram a negritude ao fundo do túnel?

4 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Pensavam que os danos só atingiriam os povos "mal comportados" da periferia europeia mas estão bem enganados, como tu bem explicas!
É a Europa que está em causa!

claudete disse...

Meu caro mais uma vez o pecado capital chamado VAIDADE impede os dirigentes das Nações do primeiro mundo de enxergarem a realidade. Quando acontecer espero que não seja tarde demais. Abraços.

rouxinol de Bernardim disse...

Risa:

A Europa está metida neste tsunami financeiro... toda ela...

rouxinol de Bernardim disse...

claudete.

Vaidade é pouco...