rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, março 07, 2011

Diálogo entre seres vivos...

A D. Política e o povo...

Povo- Estou tão cansado, ando sempre com impostos às costas, sou obrigado a olhar sempre para o sítio onde a senhora quer, vou votar onde a senhora quer, nem tenho tempo para a família, para folguedos, para passear, é só trabalho, trabalho, trabalho... sinto-me cada vez mais uma besta de carga...

D. Política- Tu és burro e pronto, está dito. quem te manda votar em mim, quem te manda pagar impostos atrás de impostos, quem te manda olhar sempre em frente, olha para o mundo inteiro seu burro, olha para o Egito, olha para a Líbia, protesta, dá uns coices; então jamais dirão as minhas comadres políticas com aquele ar de gozo que tu bem conheces: «vozes de burro não chegam ao céu...»

CONCLUSÃO: Será que o burro-povo quererá mesmo deixar de o ser?!

2 Comments:

Blogger Táxi Pluvioso said...

E depois o burro era o Scolari.

9:50 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Táxi:

Looool...

11:50 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home