rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, setembro 19, 2009

UM PR SEM NORTE... À DERIVA!


__Manuel Alegre, o que acha destas cenas patéticas?!
__Durante a campanha eleitoral alguns candidatos disseram que não dormiriam descansados se Cavaco fosse eleito PR. Eu disse o contrário. Contudo, agora, começo a ficar preocupado. Isto roça o delírio persecutório!...







Sou dos primeiros a elogiar o PR quando merece. Mas também sou dos primeiros a criticá-lo quando extravasa e exorbita na sua função.
Há tempos alegou poder estar sob escuta. Desconfiava (segundo um assessor) do SIS. Desconfiava do governo, conclui-se. Devia investigar a fundo tal questão e depois pronunciar-se em público. Ou exonerava o governo, se se confirmasse esse abuso, ou pedia desculpas ao país (ou até, eventualmente, demitia-se do cargo...) , ao governo, ao SIS.

Com ar de quem tem algo na manga, dizendo que não é ingénuo... (mais uma acha de suspeição para a fogueira ), e concluindo que depois das eleições vai mandar investigar!

O país, atónito e perplexo, pergunta: mas por que é que ainda o não fez? anda só a alimentar a tal fogueira que importa fazer avivar na campanha eleitoral? Se já tem essa suspeita há muito (desde a visita à Região autónoma da Madeira, presume-se...) por que nunca mandou investigar a sério? Será que suspeita mesmo ou usa a arma da suspeição para pressionar a opinião pública, para se vitimizar?! Se assim for, estará a querer ser muleta do principal opositor?

Vale a pena ler o DN sobre este escândalo que envolve o PR e seus assessores...
As opinões de Joaquim Vieira (Provedor dos Leitores, do Público) pondo em xeque e contestando a praxis do próprio jornal e da Presidência da República (o próprio PR ainda se não demarcou do jornalista que encomendou a notícia... e se nada tem a ver com esta grave trapalhada já o deveria ter feito...) e de Mário Crespo num artigo incendiário no JN (ver aqui) em que se interroga (com toda a legitimidade e razoabilidade, convém frisar) se o PR ainda tem condições para se manter no cargo depois do impacto na própria campanha eleitoral, são de molde a ponderar algo de muito grave no período pós eleitoral...

Será que o PR está de novo a
falar por falar?!
Nota final: era bom analisar-se com profundidade e minúcia a reacção de Jardim a esta situação: elogio público ao PR, ataque desbragado ao governo, assumindo a denúncia e a suspeita como se fosse um facto consumado, uma acusação fundamentada!!! Pobre país que anda à deriva com gente que deveria pautar o seu comportamento por parâmetros de discrição e rigor, mas que, pelo contrário, é semente de suspeição, de desestabilização, quiçá de intriga palaciana...
Neste cenário rocambolesco aparece um tal Tolentino da Nóbrega que já usou uns papelinhos escritos por Jardim e por um seu assessor dirigidos ao sub-director do Jornal da Madeira, dando "instruções" e inventando cenas patéticas onde a vitimização forjada é delirante. Ver aqui no Vilacondense, vale a pena recordar agora...
Dava um filme melhor que o «voando sobre um ninho de cucos»! Mas de um quilate patológico mais refinado! Isto é de loucos: loucos varridos!
Acusam o DN de falta de carácter mas esquece o Público que já roubou não e-mails mas papelinhos supostamente enviados para o lixo e não totalmente destruídos como seria mais sensato. Foi então manchete no Público e deu gozo ao país inteiro. Agora o Público é a vítima e o gozo não é menor. O povo português assiste, de camarote, a estes delírios rocambolescos perguntando se em matéria de vitimização Cavaco Silva estará a seguir as pisadas de Jardim... será que o país ensandeceu?
Faz fala um psiquiatra na Presidência da República. Talvez o professor Afonso de Albuquerque fosse o candidato ideal na actual conjuntura. Homem perseguido pelo COPCON no tempo da revolução, tem a tarimba ideal para lidar com os loucos montados no cavalo do poder e que não sabem montar...
Era bom que lessem o livro de D. Duarte, o Eloquente: «A arte de bem cavalgar em toda a sela»! ; qualquer candidato a PR deveria fazê-lo para não caír aparatosamente... como caíu Cavaco Silva!
NOTA FINAL: Hoje, dia 21 de Setembro, pelas 17:15 minutos, tive conhecimento de que finalmente teria sido exonerado do seu posto o jornalista Fernando Lima. Custa a crer que tenha demorado tanto esta tomada de posição. Será que é o cordeiro sacrificado, o bode expiatório, puro e simples?

Marcadores:

6 Comments:

Blogger Pena said...

Olhe, Admirável Amigo:
Já não entendo nada, mesmo nada de Democracia. Asseguro-lhe...
Estou consigo neste brilhante, inteligente e bem discernido Post de causar "calafrios" pela verdade evidente, duvidosa das intenções políticas, mas esclarecedora que expressa, admirável e fabulosamente óbvia e com clareza:
"...Pobre país que anda à deriva com gente que deveria pautar o seu comportamento por parâmetros de discrição e rigor, mas que, pelo contrário, é semente de suspeição, de desestabilização, quiçá de intriga palaciana..."

Uma extraordinária visão da política dos dias de hoje.
Só desejava acrescentar: Estamos em período pré-eleitoral, tudo ao monte e fé em Deus e nas "promessas" de fachada.
E, pensar que já fui político assumido, extraordinário amigo...
Que confusão. Direitas ou esquerdas baralham-me...sabe?
Perfeito, o seu óbvio e manifesto pensar.

Abraço amigo e parabéns pela análise sublime e talentosa do seu sentir a política...
Com respeito imenso


pena

Se disse alguma incoerência ou aberração, desculpe, não foi propositada, genial amigo.
Adorei o que escreveu.
Bem-Haja!

9:38 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Pena:

As suas hipérboles são despropositadas, mas tenho que as aceitar...
Bom fim de semana. Eu vou ali fora buscar um alfinete para... esvaziar o ego que parece um balão de S. João pairando sobre os ares de Vila do Conde... onde há São João todo o ano!

7:52 PM  
Blogger elvira carvalho said...

O País está transformado num gigantesco manicómio e o pobre do Zé povinho que até nem é psiquiatra nem nada é que paga as favas.
Um abraço e uma boa semana

12:05 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

elvira carvalho:

O Zé povinho é o eterno pagante das favas e... dos bolos-rei...

2:37 AM  
Blogger O Micróbio II said...

Vamos esperar pela justificação do Cavaco após as eleições...

3:15 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

o microbio II

Será que vai explicar algo?

Neste momento era imperioso demarcar-se do responsável pela Casa Civil nesta matéria... a não o fazer fica a convicção na generalidade das pessoas de que foi ele o autor moral de tudo isto! É GRAVÍSSIMO!

4:19 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home