rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, setembro 08, 2009



Liberdade, Liberdade

Bocage exclamou um dia

É não calar a verdade

Não ter medo da asfixia!

Pedem sempre Liberdade

Os que estão na oposição

Espezinham-na à vontade

Quando têm poder na mão!

Estas forças castradoras

Da verdade paladinas

No poder são opressoras

Da Liberdade assassinas!

Marcadores:

16 Comments:

Blogger SAM said...

Olá amigo Bernardim!

Uma verdade cristalina neste poema. E um grande viva a Manuel Maria Barbosa du Bocage!



Beijos

5:16 AM  
Blogger casa de passe said...

A mim parece-me que o Bocage tinha razão.


Alice, a fininha

3:31 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Sam


A liberdade é um valor intemporal!

8:31 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

casa de passe:

Liberdade e Bocage são sinónimos!

8:32 PM  
Blogger Laura said...

Liberdade
Amizade
Fraternidade
palavras que vão deixando de existir, consoante o grau de popularidade!...

Beijinhos e andamos perdidos por aqui, ehhhh. laura.

6:40 AM  
Blogger Germano Xavier said...

Obrigado pela presença no Equador das Coisas, meu caro.

Continuemos...

12:38 PM  
Blogger Pena said...

Realmente, Amigo Notável, a Democracia da oposição ou do estado actual das coisas, é deplorável de liberdade de escrita, inexistente, como inexistente é a liberdade de pensamento.
Bocage era um génio.
Adorei. Fantástico.
Quando isto deixará de existir em Portugal...? Caminhamos no tempo para trás...?
Abraço de imenso respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-lo por VOCÊ fazer parte dos notáveis eleitos de talento da imensa Blogosfera.
É uma delicia lê-lo. Uma honra, acredite?
Maravilhado pela sua escrita fabulosa e preocupado com o estado significativo das coisas que acontecem no nosso lindo país...

pena

É sublime e divinal no que faz fantasticamente!

7:00 PM  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

pertinente.

imagem perfeita.

beij

12:34 AM  
Blogger Mikas said...

E que bem que foi posto em palavras. Beijo

4:13 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Laura:

As palavras vão existindo consoante ainda vão existindo pessoas que as personificam...

5:36 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Germano.

Bem-vindo a este humilde cantinho... de bem-dizer...

5:36 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro PENA: O seu estilo hiperbólico tem de ser filtrado pela minha humildade natural sob pena de inflamar o meu ego...

5:38 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Piedade Araújo Sol:

Uma Poetisa com P maiúsculo sempre com a palavra certa na hora certa!

5:39 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Mikas:

As palavras são (pretendem ser...) a roupagem dos sentimentos...

Espero continuar a vestir bem!

5:40 AM  
Blogger Multiolhares said...

penso que só podemos ser livres e descobrir o que é a liberdade, quando a encontrarmos bem dentro de nós,pois quantas pessoas fazem guerras, matam em nome da liberdade
beijo

8:14 AM  
Blogger Ademerson Novais said...

Mais que palavras ditas num grito ainda preso pela população que parece sempre cada vez mais silenciosa com o que se passa...com o que se desfigura....comentarios de mesa de bar....de esquina...só isso mais nada....acho que precisamos de mais...


Ademerson Novais de Andrade

12:59 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home