rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sexta-feira, agosto 04, 2006

Paz na Terra aos homens de boa vontade!

A guerra, pandemia sem quartel,
Lavra, voluptuosa, incendiária,
Cada qual lá cumprindo o seu papel
Inocentes ceifando, sanguinária!

Annan, um pobre anão, sem isenção,
Vergado ao tio Sam, uma tristeza!...
Não vê o que já todos vendo vão:
Excesso de legítima defesa!...

Há que travar o torpe morticínio
Jugular o combate desigual
Frenar um repugnante latrocínio...

Não, em nome de Deus ou da moral,
Em nome de escorreito raciocínio
Como um imperativo racional!...

Rouxinol de Bernardim

45 Comments:

Blogger PiresF said...

“As guerras e as revoluções - há sempre uma ou outra em curso - chegam, na leitura dos seus efeitos, a causar não horror mas tédio.
Não é a crueldade de todos aqueles mortos e feridos , o sacrifício de todos os que morrem batendo-se, ou são mortos sem que se batam, que pesa duramente na alma; é a estupidez que sacrifica vidas e haveres a qualquer coisa inevitavelmente inútil.
Todos os ideais e todas as ambições são um desvario de comadres homens...
Tudo é humanidade, e a humanidade é sempre a mesma - variável mas inaperfeiçoável, oscilante mas improgressiva. Perante o curso inimplorável das coisas, a vida que tivemos sem saber como e perdemos sem saber quando... - que pode fazer o sábio senão pedir o repouso, o não ter que pensar em viver, um pouco de lugar ao sol e ao ar e ao menos o sonho de que há paz do lado de lá dos montes.”


Do Livro do Desassossego.
Bernardo Soares

4:11 AM  
Blogger tb said...

e o amigo Pires já disse tudo através do imcomparável FP...
Beijo

4:59 AM  
Blogger Daniellha said...

Olá, obrigada pela visita ao meu blog.
Beijo!

5:39 AM  
Blogger Deusa Misteriosa said...

Olá
eu vou ser sincera ,
não gosto de guerras,nem consigo entender o porque?
porque os seres humanos se odeiam
tanto?porque todos querem poder?
É tão bom as pessoas se respeitarem
sem invejas...
:)))))))
beijoooooooooo

5:44 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Piresf:

Parabéns pela oportuna citação!

Já andei numa guerra e a mediocridade e insensibilidade do modus faciendi de alguns "heróis"
deu-me que pensar!... Compreendo que Israel foi vítima de um "excesso", mas agora, "excedeu-se". A arquitectura jurídica e funcional da ONU tem que ser alterada para se tornar mais pragmática e os actores principais rapidamente apeados. A Paz mundial não pode aceitar estes jogos malabares entre superpotências. Há que criar mecanismos mais eficazes de intervenção atempada quando "valores mais altos se alevantam"...

6:29 AM  
Blogger gota de tinta said...

hola, desde mexico hasta portugal, desde tu corazon hasta mi corazon....hay cosas, (he descubirto) que van mas alla de las plabras, como el repudio hacia la guera y la violencia, a mi tambien me da horror y miedo ver como la gente sufre, y como nadie ayuda, nadie va y saca a los niños, y a los demas tambien (hombres mujeres y ancianos, deben tambien ser ayudados)....dificil.dolorosamente real

un abrazo roux!!!

atte...

7:12 AM  
Blogger Louco de Lisboa said...

A guerra apenas se agravou, nunca ouve paz nessa zona do mundo, que fazer quando os povos se odeiam?

7:38 AM  
Blogger Ana S. said...

Paz na terra e um pouco de inteligência aos homens para que não usem a violencia como meio para atingir os fins. Beijos

8:00 AM  
Blogger Kafé Roceiro said...

Guerra não. Paz solamente, amigo!

8:31 AM  
Blogger Cris said...

Olá , Rouxinol..teu canto está triste hoje por conta do texto . Sabes, tenho grandes dificuldades em comentar guerras...não as entendo, não as concebo. Continuemos linkados . Grande beijo!

9:22 AM  
Blogger S&M said...

E os inocentes é que sofrem!!!!
Obrigada pela visita e pela força...
Beijocas
S

10:51 AM  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Maldita a guerra que os homens fazem na terra...
Beijos

10:53 AM  
Blogger Gatto said...

Obrigado muitas para a tua visita. Pelo meu blog sempre bem-vindo.

Lê-lo-ei, mo' pareceu um cupão blog.

Perdoa o meu mal português

Embrassade Felino

12:39 PM  
Blogger Amada Inmortal said...

Hola rouxinol! gracias pr tu visita, muy interesante lo que escribes :) Saludos

3:41 PM  
Blogger blugaridades said...

Acabar com a guerra, Amigo! Só quando o bicho homem acabar. Isto já vem de longe, de muito longe...e nunca a ambição do homem deixou de querer mais e mais poder.

7:03 PM  
Blogger greentea said...

bons dias


de PAZ


por aqui.

8:10 PM  
Blogger La Noche said...

Gracias por tus bonitas palabras,y tus visitas.
Me da mucha pena no entender tu idioma algo puedo captar pero no todo.
Un besote

9:01 PM  
Blogger Pantera said...

Lindo e triste o teu poema...muito aplicavel tendo em conta a actual situação....:(

9:26 PM  
Blogger o lápis said...

Eu gostaria de realizar um outro filme: o da PAZ.

Obrigada pela visita :)

9:50 PM  
Blogger Miguel said...

Excelente poema ...!

Obrigado pela visita e comentário n´A Minha Matilde!

Parabéns pelo teu Blog!
Vou colocar-te nos meus links!

Prometo passar por cá mais vezes assim como espero a tua visita novamente!

BOM FDS!

Bjks da Matilde

10:36 PM  
Blogger Rosmaninho said...

Lamento ser tão pessimista em relação aos "homens de boa vontade"...

Basta existir dois homens sem vontade, não é necessário que seja boa, ("são como cães na palha, não deixam comer nem comem") e a Paz na Terra não acontecerá...

~*Um beijo*~

11:09 PM  
Blogger Luna said...

As guerras infelizmente sempre estiveram presentes, e a maldade dos homens também, e como podem as instituição que lutam pela paz como a ONU quererem implementar a paz com guerras
beijos

11:26 PM  
Blogger Kafé Roceiro said...

Vamos trocar links?

11:56 PM  
Blogger elkinha said...

rouxinol, rouxinol!!!

adoro tuas trovas!

=T

1:45 AM  
Blogger refugiada said...

bom soneto, mt bem conseguido...

Cumprimentos!!

1:59 AM  
Blogger Lídia Amorim said...

Bom fim de semana!!!

2:02 AM  
Blogger aletniuq said...

Bonito espacio el tuyo...me gusto!, aunq poco pero entendí tu post, abrazos y saludos y gracias a gatto por este enlace tan inesperado, si entras a mi blog tienes un mensaje para ti.

4:07 AM  
Blogger Mikas said...

Para quando essa paz tão desejada, cada vez mais urgente??

4:46 AM  
Blogger Céu Estrelado said...

As guerras são tão inúteis como aqueles que as decidem!
Bom fim de semana! :)

5:12 AM  
Blogger de Matos said...

Nada justifica uma guerra... sao as minhas palavras.

abraço e bom fim de semana

5:47 AM  
Blogger SA said...

parabéns pela tua agudeza de espírito.poema muito bom.:)

6:29 AM  
Blogger Ana said...

Excelente, parabens

6:40 AM  
Blogger Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú said...

Não há meio da intolerância parar no mundo! Tenho imensa pena das crianças quew sofrem...

9:16 AM  
Blogger Kalinka said...

Hoje passei num blog em que está a circular «Tanka da Paz»...
Vai ser passado de blog em blog, para que lutemos todos, para que a Paz prevaleça sobre as Guerras inúteis e que matam tantos inocentes...

Meu Amigo Rouxinol, eu não visitei ainda a Amazónia, uma coisa é eu ser uma sonhadora incorrigível e outra coisa é conseguir concretizar os meus sonhos...!

Digo que gostaria de visitar aquele lugar na Terra...quando?
Só Deus sabe!
Beijo-te com carinho.

PS: Obrigado pelas tuas simpáticas palavras no meu kalinka. Volta sempre, serás bem vindo.

10:48 AM  
Blogger Eternal said...

Mais uma vez, muito bonito =)
Beijinho Lunar

12:04 PM  
Blogger Paulo Sempre said...

Obrigado pela visita.
Não venho fazer um "cocktail juridico-político".
Para mim, a justiça sobrepor-se-ia à própria conservação do cosmos e de tudo quanto nele é material. Contudo, as imperfeições dos homens e da sua cidade levam a transigir com determinantes de ordem pragmática, que se refletem nos ordenamentos jurídicos. Estes conformam-se, muitas vezes, com a injustiça, ou com uma injustiça ordinária, por preocupações de segurança, de certeza, de conservação da paz e da harmonia.
Porém justiça e política foi e há-de ser sempre um "cocktail" explosivo em potência pois os juizes aplicam o lei que é "obra" do poder politico...
Só tenho 25 anos - demasiado novo para ser juiz - apenas um mestrado em direito processual penal ainda precisa ser complementado com uma certa "tarimba" que só dimana do decurso do tempo...embora, diga-se, já fui "agressivo" com alguns juizes mas apenas em debates da especialidade.
Voltarei aqui mais vezes...
Bom fim de semana.

Paulo

12:20 PM  
Blogger Desassossego said...

Como é possível odios tão antigos continuarem a matar, em nome de quem, do quê?!

Um xi para ti...

1:11 PM  
Blogger Ave Fénix™ said...

Las guerras no conducen a nada bueno, debe de haber siempre algo bueno que conduzca a la paz... un abrazo amigo :)

4:51 PM  
Blogger CILENCIO NO SE CALLA said...

no hablo portuguez, pero leyendo, lo entiendo bastante... lindo blog, me encantó el montaje de condolezza-conan.
chau, un abrazo Cilencioso.

4:55 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

GUERRA NÃO, PAZ SOLAMENTE!

Esta exclamação do sempre atento e perspicaz KAFE ROCEIRO sintetiza o pensamento de toda a gente boa e de bem. Estou com todos vós que aguardais o estancar desse descomunal incêndio que deflagou e continua a devastar esse cedro frondoso e ecológico que é a PAZ!!!

Sejamos um grão de areia na engrenagem do poder, com a nossa força, o nosso amor ao bem comum poderemos tornar-nos uma poderosa arma de PACIFICAÇÃO MACISSA!

8:31 PM  
Blogger VEM SONHAR COMIGO said...

TAMBÉM JÁ VIVI UMA GUERRA CIVIL EM ANGOLA.TIVE QUE FUGIR E DEIXEI TUDO.FOI HORRÍVEL!AINDA HOJE PENSO NISSO E NOS INTERESSES QUE ESTAVAM LIGADOS A TUDO ISSO.RECOLHERES OBRIGATÓRIOS,TIROS DE METRALHADORAS,BAZUCAS.MORTEIROS COLUNAS DE TROPAS ....NÃO CONSIGO VER UM FILME DE GUERRA;INDISPÔE-ME MUITO.

AINDA TENHO O SONHO DE REVER A MINHA TERRA...

DOCEANDO

DOCEANDO

4:35 AM  
Blogger o alquimista said...

Amigo, você é defititivamente um poeta revolucionário, faz-me lembrar um amigo que estava sempre na ála critica, porque era mais divertido...ler-te meu amigo é um processo de encoberta intelectualidade...

Um abraço

11:30 PM  
Blogger Apache said...

Mais de 50 anos após a sua criação, a ONU continua a não conseguir fazer-se respeitar, enquanto assim for, os senhores da guerra continuarão a reinar.

2:59 PM  
Blogger Robin said...

Bravo por ese grito a favor de la paz. Todos somos fuerza y a pesar de nuestra impotencia no cejaremos en el empeño de atravesar el corazón con nuestros poemas a todos esos dirigentes asesinos.
Saludos

7:59 PM  
Blogger padreca domingas said...

Porque será que a guerra aparece sempre(quase) nos países onde há OURO NEGRO!!!
Porque será? hemm???
as reservas estão a acabar...para os donos do mundo, é importante tê-lo(petroleo) em quantidade superior...para continuar a dominar.
Por isso não há peoblema de se mascarar, os assuntos...é preciso é ter um pé....para meter o outro onde der geito...
Tristeza!!!

10:27 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home