rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

quarta-feira, agosto 16, 2006

EU NÃO VOU POR AÍ !!!















Charles Darwin contestado de forma categórica!
O mundo fica agora a saber que o Homo Sapiens
não pode ser herança genética do macaco!!!



EU NÃO VOU POR AÍ!!!


Homo sapiens?!!! Presunção!!!...
Não passas de predador...
Selvagem?, eu?... Ilusão!
Serei teu progenitor?!!!
Não tenho genes malignos
Nem profetas a quem reze...
Os teus actos não são dignos
De primata que se preze!...
Não destruo a natureza...
Florestas virgens... desfloras...
À Terra só dás tristezas
Matas faunas, destróis floras!
Poluis o eco-sistema
Selvagem, és tu! Primata
Decadente, fazes pena!...
De guerras andas à cata!...
Espalhas ódio e conflito...
Matas o teu semelhante
Dos primatas és maldito
És exemplar degradante!...

Mas... eu não vou por aí!!!
Eu, respeito a natureza,
Selvagem?, vejo-te a ti...
Escravo de falsa riqueza!
Não queimo as florestas, não!
Nem lanço gases letais!
Nessas jaulas de betão...
Não viveis... vós vegetais!...
Só lamento o teu viver
Homo sapiens, inferior!!!
Jamais irei, podes crer
Pela via do terror!!!
Nunca descerei a tal
Jamais! Jamais! Podes crer
Humano, seu animal
Tenho nojo de te ver!!!...
Teu antepassado, eu?!!!
Não!!! Não posso acreditar!!!
Um passado como o teu
Bom futuro não vai dar!!!...

Rouxinol de Bernardim

63 Comments:

Blogger Marco Magalhães said...

Meu amigo, eu também, mas tive já certas dúvidas, quando ao ver o filme planeta dos macacos, pareceu-me ver a irmã gémea do M. Jackson.

1:05 AM  
Blogger Rosario Andrade said...

Bom dai Rouxinol!
Excelentes! a rima e a reflexao!
Bjico

1:09 AM  
Blogger Paula Félix said...

Well.... amazing!!!!!!!!
Parabens, Rouxinol!
O poema está fantástico, quer pela sua harmonia e melodiosa leitura, quer pela veracidade nua e crua da realidade do homem que retratas nos versos.

O ser humano sem Deus, desce muito baixo.,...muito mesmo... isso está à vista de qq um. E o mais grave é que esse ser humano que desce tao baixo, muitas vezes fa-lo com o nome de Deus na boca e usa-o como razao das suas atitudes hediondas... não ha palavras pra isto....

Nem com o recall la vao ...hehehhehehe

beijos.
adorei

1:38 AM  
Blogger Paula Raposo said...

Oportuna a tua poesia!

1:50 AM  
Blogger Licínia Quitério said...

Vicentina a tua poesia. Crítica mordaz. E aposto que é quase espontânea.
Abraço.
Licínia

2:02 AM  
Blogger Ruralidade said...

Concordo.
E por isso mesmo, penso que o SEPNA tem algo de positivo. Cá no burgo, com boas palavras, ninguém muda a atitude.
Assim com vigilância e alguma repressão poderá ser o primeiro passo para alterar as coisas mesmo que de forma ténue.

2:05 AM  
Blogger Maria P. said...

Agradeço a sua visita à Casa de Maio.
Quanto a sua questão: eu não sei se tenho Alma, mas se tiver aquela Casa é o seu espelho.

2:21 AM  
Blogger Cris said...

Concordo, somos tão mal acabados, tornamo-nos tão inadequados, que não podemos ser o ponto mais alto da evolução. Nem pensar nisso é bom.

E espero que não sejamos o ponto de partida, senão....

Bem escrito.


C.

2:43 AM  
Blogger Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú said...

Isto faz-me lembrar alguns dilemas da Igreja Católica! :)

2:55 AM  
Blogger Mitsukai said...

Pois...acho que é mesmo isso...a teoria da evolução está errada!!

É triste, mas é mesmo assim como descreves!!

3:07 AM  
Blogger Afeiticeira said...

epá...ainda bem que cá vim. Tb concordo contigo.E tenho pena de dizer isto, mas é a verdade.Jinhos

3:17 AM  
Blogger Frioleiras said...

Lindo..Comungo inteiramente... o que nos valia era a natureza e... qualquer dia já nem árvores temos...........

3:31 AM  
Blogger Lumife said...

Grato pela visita.

Vou aproveitar o feriado para conhecer o seu trabalho.

Até breve.

3:56 AM  
Blogger Sanfona Lusitana said...

Obrigado pela visita e pelo elogio.
Gostei dos seus versos e voltarei.

4:04 AM  
Blogger Cris said...

Lembraste-me o Cântico Negro... mas aposto que era intencional.

Escreveste, como sempre, um post fantástico.
Deixo-te um beijo.

4:30 AM  
Blogger Sophie said...

Obrigada pela tua visita, gostei muito de te ler.
Beijinhos
Sophie

4:47 AM  
Blogger pensamentos_vagabundos said...

brincas com as palavras da mesma maneira que criticas elas mesmo.
abraço vagabndo

4:55 AM  
Blogger Ana S. said...

Como sempre uma obra de arte! O homem diz que é um ser racional mas muitas vezes prova o contrário. Beijinhos

4:59 AM  
Blogger Medusa said...

Entre o macaco e o homem
Apenas uma diferença
O homem pensa... porque é gente!
O macaco não pensa... sente!

É... o homem é mesmo o mais burro de todos os animais... e nem o pensamento o salva!

Um eco da Medusa

5:04 AM  
Blogger SA said...

Em grande "as always" :) bom feriado

5:30 AM  
Blogger Nunovsky said...

Muito bem tirado ;)

Abraço

6:04 AM  
Blogger Marlene Maravilha said...

Gostei muito! Serve para muita gente refletir no que não sabe e fala.
bjo

6:24 AM  
Blogger inhita said...

infelizmente é bem verdade o que escreves...nós, ditos animais racionais, somos a maioria das vezes, capazes de actos selvagens e irracionais!

7:03 AM  
Blogger Luna said...

Sabes que alguns esoteristas dizem que os macacos, são uma raça degenerada da Atlantida, cruzamento de homens dessa epoca com animais.
beijos

7:29 AM  
Blogger Saramar said...

Olá Rouxinol, boa tarde.
Perfeito! Há no poema umas sutilezas interessantíssimas que o enriquecem ainda mais.
Gostei muito mesmo. Aliás, isso é lugar-comum porque gosto sempre dos seus poemas.
Há algum tempo, escrevi algo neste sentido que, claro, nem se aproxima sequer de um destes versos seus. Vou procurar e lhe mostro outro dia, se quiser, claro.

Agradeço-lhe o exagero no bloguinho. Fiquei emocionada.
Agora, o que será xi-coração? Mesmo sem saber, dou (risos).

Beijos, querido e obrigada.

8:01 AM  
Blogger Roy said...

Concordo plenamente, Rouxinol, as criaturas de Deus sao um tanto pior do que as criaturas de Darwin, no caso. ;-)

abrax

RF
PS: Nao entendi o que o Joshua disse a seu respeito la em casa! hehehe :P

8:14 AM  
Blogger Miriam5 said...

Gostei imenso desta nova luz sobre a evolução dos hominídeos.
Um beijinho de boa semana

8:19 AM  
Blogger EuMulher said...

vim agradecer a tua presença no meu blog. So que vim com pouco tempo mas gostei imenso do que li. Gostei da forma como escreves, do conteudo, do sentido do humor, da rima que dá um ritmo intenso à leitura, do sentido crítico... Parabéns. Tenho de voltar. Sabes o que me lembrou? Das cantigas de escarneo e mal dizer só que de uma forma muito mais... criativa, sensivel, mordaz... sem mais comentarios: adorei! Beijinhos!

9:08 AM  
Blogger topas said...

Ainda bem que é dó na america do norte...


http://maistopas.blogspot.com/

9:21 AM  
Blogger VEM SONHAR COMIGO said...

Olá belo Rouxinol:

CONCORDO PLENAMENTE CONTIGO.O HOMEM É O ÚNICO ANIMAL QUE DESTRÓI E MATA POR PRAZER.O MACACO FAZ MUITO ALARIDO, LUTA, E FÁ-LO POR QUESTÕES TERRITORIAIS E DE DEFESA.
SÃO PALAVRAS, AS TUAS MUITO SÁBIAS E QUE INDUZEM À RELEXÃO.
NO ENTANTO, APESAR DE TANTA MALDADE E IRRESPONSABILIDADE DO HOMEM, AINDA ACREDITO QUE HAJA ALGO DE BOM EM QUE NOS POSSAMOS AGARRAR PARA NAVEGARMOS NESTE MUNDO TÃO CRUEL.POR ISSO FAÇO OS POSSÍVEIS PARA SONHAR E PARTILHO ESSES SONHOS COM TODOS AQUELES QUE QUIZEREM.CÁ PARA MIM....TENHO HERANÇA VERDADEIRA MACACOIDE...bOA, ESTA,NÃO É?

OBRIGADA PELA VISITA,DEIXO-TE UM RAMINHO DE ROSAS (COR-DE-ROSA) E UM BEIJINHO DOCE.
DOCEANDO

LESTE O POST SORE AGOSTINHO DA SILVA? UM HOMEM DE SONHO !

9:54 AM  
Blogger Ana Prado said...

Olha não vi muito, mas o que vi convenceu-me:)

Como já o disse a Licínia, os teus textos parecem vicentinos... mordazes, irónicos, cáusticos... gostei mesmo:)

Mas passei pelo nome que usas. Rouxinol de Bernardim:) Valeu mesmo a pena:)

11:03 AM  
Blogger Kafé Roceiro said...

Bela lição de moral que o símio deu ao tão metido a sabido sapiens.
abraço.

1:39 PM  
Blogger Cila said...

ola
como sempre magnifico
um dia bom:)

8:15 PM  
Blogger Ant said...

Caro Rouxinol, a simplicidade das palavras profundas é uma arma poderosa. Obrigado pela visita.

9:02 PM  
Blogger naturalissima said...

Vim agradecer a tua visita no meu blog.
E por aqui ficarei, pois tens muita coisa para se ler. Gostei muito do teu bom humor e do poema muito bem escrito, pelo seu directo e verdadeiro conteúdo. Até dá dó saber que somos ainda PRIMATAS em muita coisa... Sem dúvida.
Um beijinho
Daniela

9:20 PM  
Blogger Angel said...

Tão doce Rouxinol...
Não estava nada à espera!!
És fantástico, usas naturalmente o sentido de humor como crítica, e as palavras fluem mais que verdadeiras... Quase inquestionáveis...

O ''Homem'' é, na realidade, um idiota presunçoso!!
Apenas perde tempo a olhar o próprio umbigo, e nunca valoriza aquela que tanto o ama, e que tanto faz por ele, a Terra...

Assim sendo, não quero jamais ser confundida, hei-de ser sempre ''macaquinha'' !!!

Agradeço muito a visita, foste encantador no que disseste... (Não sei até se mereço...)

Saio daqui com leveza na alma, fizeste-me sorrir...
Obrigado por isso também!!

Beijinho grande...

Angel

9:41 PM  
Blogger musqueteira said...

viva rouxinol...e na verdade foram os "macacos" os promeiros a irem à Lua;)

12:02 AM  
Blogger keridalindinha said...

Olá, isto cada vez está melhor!!!
Beijinhos grandes.

12:14 AM  
Blogger jawaa said...

Olá Rouxinol de Bernardim! «Menina e moça me levaram de casa de meu pae...»
Gostei mesmo do teu espaço,
passarei sempre que andar por aqui.
Parabéns!
Obrigada pela visita e pelas palavras amáveis.

12:54 AM  
Blogger Pé de Salsa said...

Muito bom!
Sobre o tema, a dúvida continua mas ainda acredito que as espécies sejam diferentes.

Tem um bom dia.

1:32 AM  
Blogger Miguel said...

Será sempre uma duvida ...!

Bjks da Matilde

2:58 AM  
Blogger Joshua said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

4:06 AM  
Blogger Mikas said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

5:20 AM  
Blogger DE PROPOSITO said...

Eu não vou por aí, sei que não vou por aí, mas por onde vou, não sei.
Fica bem.
Manuel

5:44 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Este comentário foi removido pelo autor.

6:21 AM  
Blogger CÁ FICO said...

Deixa-lá! O rouxinol de Bernardim Ribeiro morreu de frio no rio...
Muitos que declamam José Régio, ainda não perceberam adiferença entre a Cruz e o Crescente, e acabam por entrar no sitio que dizem para o qual não vão...

Dá poesia só percebo aquela que faço! Desculpa..mas omitir é também mentir!

6:51 AM  
Blogger elkinha said...

afff
como tu é ótimo!!!!

8:49 AM  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Olá
Foste eleito no reflexo da minha fantasia "Ghost - Anjos de Fantasia", pelo que tomei a liberdade de publicar o teu comentário com o link devido, espero que não te importes.
Beijos

9:03 AM  
Blogger Anamargens said...

Rouxinol,

De dúvidas nos alimentamos, até que a morte nos acabe com elas.
Gosto da frescura sadia com que pegas nos assuntos e os dissecas num linguarejar à Gil Vicente...
MARAVILHA.
Força nessa sátira, dá-lhes a valer...

9:30 AM  
Blogger Jade said...

Com 50 comentários penso que já tudo foi dito. Gostei muito!

10:31 AM  
Blogger vareira said...

simplesmente fantastico.mesmo dp de 50 comentários, continua a ser fantastico.esperando sempre novidades de rouxinol!

10:47 AM  
Blogger {-Sutra-} said...

Venho até aqui agradecer a tua visita e a minha reacção é:

-----clap!clap!clap!-----


Não apenas por este poema, mas por aquilo que pude ver agora.
Sim senhor, adorei os teus versos - certeiros, bem construídos... uma excelência :-)

Beijo doce

11:31 AM  
Blogger Bruxinhachellot said...

Essa fixação da humanidade em discutir teorias da evolução humana já está mais do que ultrapassada. Pobre macaco! Se ele fosse realmente nosso ancestral o mundo de hoje não estaria perdido do jeito que está.
Muito bem desenvolvido o poema.
Beijos e sinta-se sempre bem-vindo ao meu labirinto.

1:17 PM  
Blogger Claudia Perotti said...

gosto imenso das tuas letras.
beijinhossss

2:46 PM  
Blogger Poemas e Cotidiano said...

Oi meu Amigo Rouxinol!
Rindo aqui (e muito) com o comentario do Marco Magalhaes!
que harmonia gostosa no seu poema.
Um beijo!
MARY

3:06 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

A todos o meu obrigado pelas palavras encomiásticas (ou não...) pois o seu contributo é enriquecedor. Quero frisar que nada tem a ver com o Cântico Negro nem com José Régio cujo estilo é bem diferente e paira em patamares literários muito superiores...

Ai daquele que julga que nunca "irá por aí!"... Ninguém diga: "Desta água não beberei!"...
A lição bem humorada do macaco é para todos nós, eu inclusive, tantas vezes "já fui por aí!" e só tarde é que vi!!!

7:00 PM  
Blogger Ave Fénix™ said...

Una reflexion que entendi poco, pero hago el intento, ya que me gusta pasar por aqui :)

7:15 PM  
Blogger free emotions said...

Sem dúvida o futuro da humanidade está em riscos.
Obrigada pela visita, serás sempre bem-vindo!
Parabéns pela qualidade da tua escrita.

1:32 AM  
Blogger A Sonhadora said...

Também...não quero ir por aí....
jinho

8:29 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

EPITÁFIO (só ironia...) para o

CÁ FICO:


Vejo o rouxinol morrendo...
Lá no rio foi seu fim!
Mas p'rá morte está correndo
CÁ FICO... a "COISA RUIM"!!!

7:13 PM  
Blogger UNIVERSALEX said...

ÓH, Bernardim Rouxinol
aonda agora aqui cheguei
pus de fora o caracol
e logo, o descasquei...

Cá fico bem obrigado
nesta luta universal
de todos igual é o fado
ninguém escapa afinal!

10:54 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Universalex:

Sabia que no cinema, quando a "estrela" não consegue fazer determinado papel, há que chamar um "duplo"...

Será que se deixou rebaixar, ao ponto de ser "duplo" do CÁ FICO?!!!

10:47 PM  
Blogger CÁ FICO said...

Diga isso aos heterónimos do fernando pessoa...eh!eh1

12:30 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home