rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

sábado, agosto 05, 2006

O Mundo está uma grande porcaria!!!


Tantos porcos a mamar
Nesta mãe que os procria
Que o mundo está a ficar
Uma grande porcaria!

Mas ninguém diga que não
Tem visto porcos grunhir
Então na televisão
Há tantos que até faz rir!!!

Linguagem de porco têm
Políticos trauliteiros
O povo conhece-os bem
Com perfil de carroceiros!

Porco cada vez há mais
Fenómeno imparável
Basta ler certos jornais
Onde há porco... colunável!

Às vezes usa gravata
E gosta de armar ao fino
"É porco!", vê-se na lata
Seja grande ou pequenino!

Ele há porcos camarários
E até... governamentais
Há porcos... comunitários
E... porcos universais!

Matusalém, o domador

36 Comments:

Blogger Cila said...

ola

segui a tua sugestao deixada no meu blog e eis q entro no mundo da poesia da contestação tal aleixo dos tempos modernos :)

linko sim...que este cantinho tem encanto
bom fim de semana

10:46 PM  
Blogger SA said...

Mais um poema refrescante. gostei, "xulente" como diria a lili caneças

12:02 AM  
Blogger poeta_silente said...

Oi, Rouxinol.
Obrigada pelas amáveis palavras deixadas no meu cantinho. Passarei por aqui seguidamente. Gostei.
Quanto à guerra ou às guerras? Está escrito...Maktub ( infelizmente n sei se está escrito corretamente. Mas...)
Bom final de semana.
Miriam

12:15 AM  
Blogger alegriadequerer said...

Hola!! Que hermoso están esos cerdos con su mama, jajajajaja no se hablar tu idioma, pero que importa lo que dices en tu blogs lo entiendo bien además lo que realmente importa es el afecto por los demas, gracias por pasar por mi casita de alegría a sido un honor para mi tu visita tu blogs es encantador pase a dejar besos con ALEGRIADEQUERER

2:19 AM  
Blogger Alex Lagos said...

Hola gracias por tu visita a mi blog.
Seguiré dandome una vuelta por estos lados.
Salu2.

4:17 AM  
Blogger VEM SONHAR COMIGO said...

Rouxinol de Bernardim:Obrigada pela tua visita .És sempre bem vindo!
Pois é a vida tem muita PORCARIA" E A CABEÇA DAS PESSOAS NEM SE FALA!
Há que purgar tudo isto.

Doceando

4:27 AM  
Blogger Caritas souzza said...

Olá! Vim agradecer suas gentis paçavras em meus rabiscos e te desejar um excelente sábado. O mundo está muito complicado, e a nós que escrevemos versos só nos resta colocar sentimentos naquiloi que publicamos. Pergunto: Brasil tem jeito ? O mundo ainda tem conserto? Abraço em seu coração.

4:37 AM  
Blogger  Maria Fernanda said...

não é de bom tamanho comparar porcos aos governantes do Brasil!

eles merecem mais adjetivos 'porcos' ... é.

sim, belo poema!

5:06 AM  
Blogger Marco Magalhães said...

Amigo,

Essa porca é mundial.
E os porquitos também,
Em todo mundo é igual,
Assim como o Zé Ninguém.

Que deixa os Porcos mamar,
mamar até rebentar,
e no final da mamada,
é chorar, vêm a xulada.

Aumenta o Imposto,
pois seca está a teta,
o porco se enche com gosto,
e nos passa a perneta.

Essa porca é mundial,
E os porquitos também,
quando vêm o festival?
A matança sabe bem.


um grande abraço fraterno.

5:07 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Caro Marco Magalhães:

Bem sabia que a porca da política tinha vocação mundial (universal) e ainda bem que corrobora este meu parecer. É preciso que se combata a "porcaria" e se coloque nos lugares de decisão gente sem mácula, gente que não enriquece quando em contacto com a coisa pública, gente de carácter. Mas cada vez mais isso é uma ave rara...

Será que estamos condenados ao "TRIUNFO DOS PORCOS" como insinuava Orwell ainda há bem poucos anos?

Sejamos optimistas!

A todos os que estão dentro desta problemática, aos que aqui se manifestaram com ênfase, o meu desejo de que o futuro seja menos sombrio do que profetizava George Orwell!

Mas... será que o optimismo é sinónimo de ingenuidade?!!! Até quando?!!!

Agarremos o futuro com decisão e comecemos a limpar a "porcaria"!...

6:21 AM  
Blogger Luna said...

Ainda bem que escreveste, pois se tivesses falado os leitões ficariam traumatizados, pois eles são porcos mas não tanto
beijos

9:46 AM  
Blogger Tons Pastel said...

Um poema cheio de sentido de humor e simultaneamente muito crítico. Gostei.

10:26 AM  
Blogger Antoinette said...

No entiendo mucho el portugués, pero la foto es decidora.
Gracias por pasar por casa.

bacio!

10:29 AM  
Blogger Albahaca 05-06 said...

Hola! entiendo lo suficiente tu poema. Me recuerdan a unos versos del "Martín Fierro".
Saludos y bom fim de semana

10:44 AM  
Blogger Freyja said...

el mundo...es como esta, lleno de tantas cosas que causan dolor y divisiones
hay un tango que se llama Cambalache, fue escrito hace mas de 30 años y ahi se habla de lo que hoy dejas en versos
un abarzo y un lindo fin de semana


besos y sueños

10:51 AM  
Blogger Alien8 said...

Essa questão do optimismo = ingenuidade já me tem passado muitas vezes pela cabeça - e pelos ouvidos, que não falta quem a repita. Mas, mas... não será antes ingénuo quem pensa que o mundo será viável, se continuar por este caminho? Não será muito mais realista "exigir o impossível"? Não será nossa obrigação viabilizar o futuro de quem vier atrás de nós, sem nos desculparmos com rótulos de "ingenuidade" e "optimismo", que são realmente tão cómodos... O triunfo dos porcos é inevitável, por isso não vale a pena fazer nada? Bom, se nada fizermos, então sim, o triunfo dos porcos será mesmo inevitável. Mas isto digo eu, que nem sou de cá...

Bons versos, clássicos e corrosivos :)

10:55 AM  
Blogger Kalinka said...

OLÁ AMIGO ROUXINOL

Mas que cantoria para estas bandas?

Poesia sabe você fazer, agarra num tema e aqui foram os «porcos»...e, tema que agarra, tema que vence.
Parabéns!

Agradeço ter dito que o meu kalinka, não o enfastia, fiquei Feliz pelo elogio.
Espero por si, lá.

Beijos com carinho.

1:15 PM  
Blogger Bailarina das letras said...

Aceitei a sugestão e gostei. De fato o sistema formado em torno da corrupção é tão forte que faz parecer tão natural como a ação da foto. Mas não é. E gritar, de todas as formas possíveis, é a maneira de não aceitar.
Bailarina das Letras
bailardasletras.zip.net

2:08 PM  
Blogger una hippie del 70 said...

No entiendo mucho tu idioma...pero es elocuente la foto. Te agradezco la visita...

2:51 PM  
Blogger Joshua said...

Ei, Rouxinol. Isso dá uma excelente inspiração: vou já a seguir comer «Cozido à Portuguesa» e ver a porca e os leitões é-me inspirador.

Bacon*


Joaquim
(*abraços)

12:00 AM  
Blogger OvelhaNegra said...

Tens razão.
Cada vez há mais «porcos». Uns mais anafados, outros mais discretos, mas não deixam de ser suínos a mamar nas tetas da porca-mãe cujo «leite» parece ser inesgotável.
Fizeste-me lembrar o «Triunfo dos Porcos» do George Orwell.

Um sorriso e um beijo*

12:20 AM  
Blogger Miudaaa said...

Rouxinol, que engraçado este poema...sim sanhor... voltarei para ler-te mais e mais, Boa
1 beijo miudaaa

3:08 AM  
Blogger Andreia do Flautim said...

Há porcos em todo o lado! Ainda hoje fui tocar a uma terra e estava lá um, ainda por cima mal educado!

8:07 AM  
Blogger BlueShell said...

heheheh...só tu me farias rir...

Beijo
BShell

8:21 AM  
Blogger Ana S. said...

Muito giro! Com tantos porcos em todo o lado, pena não dar para coloca-los numa lata como se fazem ás salsichas. Beijos

9:24 AM  
Blogger Céu Estrelado said...

Espectacular!
Está tudo dito, não faltou ninguém...
Verdades a rimar!
Tu sabes fazê-las como ninguém! :)

Bom fim de semana! :)

9:47 AM  
Blogger Amada Inmortal said...

Mucho no entiendo, pero lo poco que pude desifrar me parece que tiene que ver mucho con lo que pasa en mi pais tambien jejeje y en muchos otros, la política es así... Saludos

10:33 AM  
Blogger Apache said...

Bom, parece que já foi tudo dito.
Porcos é o que não falta por aí!

Vim retribuir a visita que fez às "minhas terras". Voltarei certamente!

2:43 PM  
Blogger Ave Fénix™ said...

El mundo podría cambiar si nosotros empezamos con algo que realmente valga la pena para darle un giro no solo a nuestra vida, si no a nuestro alrededor, ojala muchos pudieramos hacer esto, lo intentamos? saludos ;)

5:16 PM  
Blogger Roy said...

Fantastico, mas isto ja esta indizivel...

super abrax

RF

1:18 AM  
Blogger CarpeDiemBeHappy said...

Há muitos porcos por todo o Mundo....

Deixa-os engordar...um dia, é dia de matança......
Beijinhos

9:12 PM  
Blogger MalucaResponsavel said...

Soberbo... para aém de me ter feito rir... :) bj

9:15 PM  
Blogger APC said...

LOL Até fica mal comparar as personagens do poema com a imagem, eheheh. Taditos dos porquinhos! ;-)
São lindos, os bichitos; pequerruchitos e todo alinhadinhos! :-)
Gosto dessa tua poesia de intervenção!

1:19 PM  
Blogger Xica said...

Podes crer: isto está uma autêntica pocilga, principalmente com os q se dizem mais limpos.

9:20 PM  
Blogger Mikas said...

Ha ttos porcos... em todo o lado.

2:42 AM  
Blogger Mitsukai said...

Verdade verdadíssima...sem comentários!!

Obrigado pela tua visita no meu blog!! O teu também está muito fixe...gostei mesmo!!

Um abraço!!

3:46 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home