quarta-feira, dezembro 08, 2010

Fundador da WikiLeaks preso na Grã Bretanha...

O famoso divulgador de documentos secretos que tantas dores de cabeça tem dado nos states - Julian Assange - foi detido e corre o risco de ser extraditado para a Suécia por alegado crime de violação de duas mulheres.

Será apenas um pretexto para eliminar alguém incómodo?! Será que as mulheres foram aliciadas para lhe armarem uma ratoeira?
Tudo é possível, quando estão milhões em jogo e até governos podem caír por causa de um «tornado» de dimensões mundiais...
A liberdade tem limites, de facto, mas quando o interesse público se sobrepõe, quando as denúncias de crimes contra a boa fé dos cidadãos perante os seus governantes são de molde a pôr em xeque toda uma macroestrutura venal e pouco transparente, há que saudar a liberdade de informar. Estará em causa a segurança?! De quem?!
Há que ponderar devidamente todos os dados em confronto e não se cometerem acções precipitadas.
A civilização precisa da verdade. A higiene também há que preservar. Já dizia o Eça: «políticos e fraldas devem mudar-se com frequência... pelos mesmos motivos...»

2 comentários:

Eduardo Marculino disse...

Parabéns...

Táxi Pluvioso disse...

Espero é que ele não as tenha violado ao mesmo tempo. E que elas não sejam Condoleezza Rice e Hillary Clinton.