rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo. O mundo e a sociedade sob o olhar atento e desassombrado de um cineasta do quotidiano, um iconoclasta moderno, sem peias, sem tabus, sem preconceitos.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

segunda-feira, novembro 08, 2010

O «PAPÃO» de José Régio está aí...Será real?!

José Régio tem um célebre poema chamado «O Papão»...- clicar para ver....
É uma espécie de sátira , uma forma de nos libertarmos de medos sem razão, pois muitas vezes esses medos são empolados por nós próprios e pela nossa visão distorcida do real.
Agora, por força das vicissitudes da nossa economia e da crise financeira emergente, fruto de um endividamento excessivo, e de alguma imprudência que medrou ao longo de muitos anos__ em todos os quadrantes políticos, sobretudo aquando de governações mais viradas para o imediatismo do que para a racionalidade económica sustentável__ eis que surge um novo tipo de papão. Mas este é bem mais perigoso do que o de Régio (que no final se vê que era apenas a sua própria imagem reflectida no espelho...), pois pode tornar-se bem real: trata-se do F.M.I.
De facto, se não pudermos continuar a viver de empréstimos obtidos no mercado internacional, sempre sujeito a caprichos e metamorfoses pouco racionais, se a taxa de juro for para patamares proibitivos (e isto é muito difícil de se saber onde está a red line...) o recurso ao FMI__ com todo o cortejo de dependências e de tutorias de vária ordem__ será inevitável.
Era bom que se dispensasse tal cenário. Contudo, já estamos a ser monitorizados por Bruxelas há muito, já temos sofrido intromissões e abusos tutelares por força de uma dependência política e administrativa adveniente do Tratado de Lisboa que é de todo em todo lamentável.

Enfim, será que fruto deste status quo subserviente e pouco patriótico, o papão será mesmo uma realidade?!

4 Comments:

Blogger Rosa dos Ventos said...

À força de nos meterem medo acabamos por perdê-lo!
Afinal o F.M.I. já cá esteve uns tempos e nós sobrevivemos...
É verdade que o contexto era outro mas isso aplica-se a tudo!
Não há-de ser nada - como nós, portugueses, costumamos dizer!

Abraço

10:39 PM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Rosa:

Tem toda a razão, nós agora já estamos vacinados, não há medo que nos pegue!

3:34 AM  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Este comentário foi removido pelo autor.

3:34 AM  
Blogger Táxi Pluvioso said...

Eu também estou a monitorizar Bruxelas, mas as belgas são tão feias...

1:12 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home